Created with Sketch.
Susana Pinto

Casamento no Solar de Pancas: Adriana + Constantin

Fechamos a semana com um casamento no Solar de Pancas, em Alenquer. É o mais bonito dos dias da Adriana + Constatin, captado pelo Edgar Félix Videography e com dedinho da equipa Amor e Lima.

Este filme de casamento tem de tudo: patudos de estimação, uma pista de dança animadíssima, muitas lágrimas e outros tantos sorrisos e abraços apertados, gente bonita e muito bem vestida e um belo cenário. É disto – e de muito amor -, que é feito um dia de festa!

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Imaginámos um dia inesquecível, rodeados da nossa família e dos nossos amigos. Um dia cheio de amor e alegria!

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Sentíamo-nos completamente preparados. O casamento era algo que sempre esteve presente nos nossos planos e era algo que queríamos muito os dois.

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Desde o momento em que fomos os dois escolher a igreja e o local! Foi um momento muito importante para nós.

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

O resultado foi totalmente o que nós idealizámos. Contámos com a ajuda da nossa família.

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

O que era fundamental era que tudo no nosso casamento fosse autêntico e que espelhasse a nossa personalidade e a nossa relação. Mesmo com imprevistos, que sempre acontecem, foi tudo incrível! Temos memórias muito especiais e sentimos que aproveitámos tudo ao máximo e que todos estavam muito felizes e divertidos!

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

Foi fácil escolher a igreja e o local! O mais difícil, foi fazer a lista de convidados, pois era importante que fosse um casamento íntimo, com as pessoas mais importantes para nós.

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

Todos os momentos foram incríveis, porque vivemos com muita intensidade todo o nosso dia! Tudo superou as nossas expectativas!

 

E o pico de diversão?

Se há uma coisa que nos define enquanto casal, é o facto de nos divertirmos em tudo o que fazemos, por isso todo o casamento para nós teve vários momentos divertidos.

 

Um pormenor especial…

Só um? O nosso casamento foi feito de pormenores especiais, por isso é difícil para nós elegermos apenas um, mas eu diria que um momento especialmente marcante foi a primeira vez que olhámos um para o outro na igreja!

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Não mudávamos nada, acreditamos que tudo acontece como tem que acontecer e, no nosso caso, foi definitivamente o dia mais feliz das nossas vidas!

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Vivam cada instante ao máximo, desde os preparativos até ao próprio dia, pois todos os momentos vão ser recordados com imensa saudade!

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: foi tudo feito por nós;

espaço: Solar de Pancas;

bolo dos noivos: Pátio Velho;

decoração: Amor e Lima;

fato do noivo e acessórios: Mister Man e Under Blue;

vestido de noiva e sapatos: Pronovias e Schutz;

maquilhagem: Kseniia Popkova;

cabelo: Anabela Sousa;

bouquet de noiva: Romeira;

fotografia: Pedro Lopes Photography;

video: Edgar Félix Videography;

Dj: Ricardo Coimbra.

Susana Pinto

Casamento no Palácio Fronteira: Lara + David

Hoje é dia de casamento no Palácio Fronteira, no coração de Lisboa.

Mostramos o mais bonito dos dias da Lara + David, filmado pelo Dado Nunes, da Every Heart Films. Juntaram-se à festa uma mão cheia de fornecedores seleccionados Simplesmente Branco: organização, decoração e detalhes da Amor e Lima, fotografia da dupla D10Photo, e animada pista de dança com o talento e serviço impecável da Jukebox.

Deixem-se levar pelas imagens emocionantes!

No início pode parecer que tudo está contra nós, com a presença de alguns contratempos, mas com o passar do tempo e com o foco centrado naquilo que realmente desejam, o vosso dia vai ser fantástico, porque no fim vai ser o melhor de todos os casamentos. Aproveitem o dia ao máximo, porque ele vai passar a correr e é um momento singular!

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Muitas coisas passaram pela nossa cabeça, visitámos espaços, não muitos, mas queríamos evitar o aspecto quinta, a nossa ideia foi sempre poder reunir aqueles que mais gostamos e proporcionar, tanto a eles como a nós, um dia inesquecível e diferente. Como um de nós é apaixonado por História da Arte, pensámos num local com história, e outro gosta dos aspectos estéticos e de natureza. Alguns espaços poderiam ser opção, mas sem dúvida que encontrámos o local ideal!

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Os momentos de ansiedade ficaram algo dispersos durante os preparativos, os nervos chegaram no dia do casamento, quando “caiu a ficha” do “isto vai mesmo acontecer”. Desde o início tivemos a ajuda da empresa de wedding planning, do catering e do responsável pelo palácio (Dr.Filipe) que nos elucidavam sobre realidades passadas e do que era possível fazer no espaço.

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Durante todo o percurso da organização estivemos preocupados com os mais pequenos pormenores, só pela segunda visita ao espaço, com todos os elementos da organização presentes, conseguimos ter a certeza que a nossa ideia se poderia concretizar.

 

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

O resultado foi superado relativamente ao espectável, contámos sempre com a ajuda da nossa wedding planner Raquel Melo, da Amor e Lima, e também com a pessoa responsável pelo catering e gestão do espaço, Ana Moura, da Silva Carvalho Catering.

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Para nós o importante era que não existisse qualquer tempo morto! Que fosse tudo aproveitado do início ao fim do casamento pelos presentes, por esse motivo tivemos a ideia de ter uma cerimónia mais tardia e aproveitar tudo ao máximo. Não tivemos qualquer necessidade de incluir um animador na festa, unicamente o DJ, com o nosso perfil musical. A música ao vivo foi um momento que não queríamos abdicar e que correu na perfeição, de tal modo que a maioria dos convidados queria prolongar a festa por muito mais tempo.

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

Foram meses de muita ansiedade, com a noção de realidade um pouco alterada. As ideias de “será que vai acontecer?” “será que as pessoas vão gostar?”. Todo o planeamento foi feito com menos de 8 meses da data da cerimónia e queríamos que tudo fosse ao encontro das nossas ideias. Tentámos fazer tudo o mais personalizado possível deste os convites, as lembranças, a lista de das músicas e a ordem das mesmas. Mas para nós o mais difícil, por compromissos profissionais e pela gestão de tempo, foi conseguir ensaiar a dança!

 

A leitura dos votos foi, sem dúvida, o pico sentimental do dia! Sendo o casamento civil, sem qualquer motivo religioso, conseguimos expressar aquilo que sentimos um pelo outro por palavras nossas e foi muito intenso.

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

A leitura dos votos foi, sem dúvida, o pico sentimental do dia! Sendo o casamento civil, sem qualquer motivo religioso, conseguimos expressar aquilo que sentimos um pelo outro por palavras nossas e foi muito intenso.

 

E o pico de diversão?

O pico da diversão aconteceu na pista de dança onde todos os convidados participaram e se divertiram. Poucos eram os que não estavam a dançar. Como está supracitado foi com muita pena que terminou “cedo”.

 

Um pormenor especial…

Achamos que o que marcou a diferença, foi o seating plan, foi diferente, dedicámos algum tempo a pensar nele e foi algo que todos os presentes gostaram, conseguindo também dessa maneira arranjar uma forma  de oferecer as lembranças do casamento.

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Possivelmente prolongaríamos ainda mais o momento de que todos gostaram (a pista de dança), mas de resto, foi um dia perfeito.

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

No início pode parecer que tudo está contra nós, com a presença de alguns contratempos, mas com o passar do tempo e com o foco centrado naquilo que realmente desejam, o vosso dia vai ser fantástico, porque no fim vai ser o melhor de todos os casamentos. Aproveitem o dia ao máximo, porque ele vai passar a correr e é um momento singular!

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites, materiais gráficos, bouquet de noiva e ofertas aos convidados: Amor e Lima;

espaço de casamento: Palácio Marqueses de Fronteira;

catering: Silva Carvalho Catering;

bolo: Pims Cake Design;

fato do noivo e acessórios: fato Massimo Dutti; sapatos Yucca;

vestido de noiva e sapatos: vestido Pronovias; sapatos Aldo;

maquilhagem de noiva: Joana Moreira;

cabelos: Anabela Miguel, cabeleireira e mãe da noiva;

decoração: Amor e Lima e Silva Carvalho Catering;

fotografia: D10Photo;

vídeo: EveryHeart Films;

luzes, som e Dj: Your Jukebox.

 

Susana Pinto

Casamento no Palácio do Freixo: Maria + Rui, por Lounge Fotografia

Esta semana damos espreitamos um bonito casamento no Palácio do Freixo: é o mais bonito dos dias da Maria + Rui, que escolherem uma mão cheia de fornecedores Simplesmente Branco para dar forma ao que tinham em mente.

A acompanhá-los neste dia fantástico, estiveram a dupla Lounge Fotografia, que fotografou, o video, que mostramos no fim, é da We love Film, a makeup e cabelo da Maria têm dedo da equipa Jenny Makeup Land, a pista de dança foi animada pelo DJ Nuno Rodrigues e as ofertas aos convidados são dos nossos queridos parceiros Operação Nariz Vermelho.

É assim que se faz uma festa bonita, a transbordar de sorrisos. Tomem nota do conselho final da Maria – é valioso!

Bom fim-de-semana!

 

Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Imaginávamos um dia repleto de sorrisos, algumas lágrimas, mas sobretudo muita diversão.

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Sentíamo-nos preparados, apesar de alguns nervos pelo caminho. Faz parte.

 

Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Quando dissemos “sim” ao local da festa.

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

O resultado foi maioritariamente fiel às ideias iniciais. Sabíamos exactamente aquilo que queríamos e não queríamos, e contámos com a ajuda preciosa de todos os fornecedores que escolhemos para o nosso dia.

 

Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

O espaço e a refeição.

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

A escolha dos fotógrafos foi o mais fácil. O mais difícil, foi a decoração.

 

Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

A cerimónia religiosa.

 

E o pico de diversão?

Quando começou o baile. Foi nesse momento que sentimos que já podíamos relaxar e desfrutar ao máximo.

 

Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia

 

Um pormenor especial…

As fotografias de casamento dos nossos familiares mais próximos, espalhadas pelo jardim.

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Não mudávamos nada!

 

Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia Fotógrafo de casamento no Porto: Lounge Fotografia

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Foco, foco e foco. Desfrutem de todos os momentos que antecedem o dia do vosso casamento, mas foquem-se no essencial. E o mais importante, aproveitem e gozem ao máximo o vosso dia. Porque é, de facto, um momento único na nossa vida e o dia passa a voar.

 

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: Diferente;

espaço de casamento e catering: Palácio do Freixo;

bolo dos noivos: Mr. Tea;

fato do noivo e acessórios: fato Giorgio Conti – Pedro Teles, gravata Hugo Boss;

vestido de noiva e sapatos: vestido Pronovias e sapatos Egídio Alves;

maquilhagem e cabelos: Jenny Makeup Land;

bouquet de noiva: Lipas Design;

decoração: Diferente, Mundo TimTim e noiva;

ofertas aos convidados: Operação Nariz Vermelho;

fotografia: Lounge Fotografia;

vídeo: We love Film;

luzes, som e Dj: Nuno Rodrigues.

Susana Pinto

Casamento na Quinta do Casal: Cristiana + Nuno

Nesta semana em que celebramos a liberdade, mostramos um casamento singelo mas tão cheio de sorrisos contagiantes.

É o mais bonito dos dias da Cristiana + Nuno, sabiamente captado pela Little Joy – há sempre uma energia muito feliz presente no seu trabalho.

Espreitem este dia bonito, que vos vai deixar com um belo sorriso na cara.

Bom fim-de-semana!

 

Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Um dia tranquilo que iria reunir treze anos de amor e cumplicidade.

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Sim, bastante preparados!

 

Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Quando marcámos a data na igreja.

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

O resultado é muito próximo do que imaginámos.
Para isso, contámos com a ajuda preciosa da minha irmã e de uma amiga.

 

Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Era fundamental a cerimónia religiosa na igreja que escolhemos. Para nós, o casamento é a cerimónia.
Era também importante que todos os convidados se sentissem bem e que este dia fosse especial para todos.
O menos importante…? Talvez o tempo!

 

Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little JoyFotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

O mais fácil foi marcar a data na igreja e descobrir o vestido de noiva e o fato do noivo. O mais difícil foi arranjar uma quinta que fosse ao encontro do que estávamos à procura.

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

Para nós, o corte do bolo, sem dúvida. Fizêmo-lo assim que chegámos à quinta e brindámos com todos.

 

Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy

E o pico de diversão?

A entrada para o salão!

 

Um pormenor especial…

A dança que os meus meninos prepararam para nós.

 

Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy Fotógrafo de casamento no Porto: Little Joy

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Não, nada. Foi um dia pleno e memorável.

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Encarem o dia com muita calma e desfrutem de cada momento.

 

Os fornecedores envolvidos:

local, decoração, catering e bolo dos noivos: Quinta do Casal;

fato do noivo e acessórios: Lojas Prassa;

vestido de noiva e sapatos: vestido Pronovias e sapatos El Corte Inglês;

maquilhagem: Makeup by Barbara Brandão;

cabelos: Rosa Silva Cabeleireiros;

bouquet de noiva: Terrárea;

ofertas aos convidados: o photobooth;

fotografia e video: Little Joy;

luzes, som e Dj: Em contra tempo.

Susana Pinto

Casamento no Areias do Seixo: Jamie + Brian

Nesta semana mais pausada, temos para vos mostrar um casamento no Areias do Seixo, fotografado por Hugo Coelho Fotografia, com video de Hugo Sousa Films e pista de dança por conta da Jukebox.

É o mais bonito dos dias de Jamie + Brian, vindos da Austrália com o seu grupo de amigos e família.

Há muitos pormenores que tornam este casamento épico e tão especial… Para mim, mostra a verdadeira essência de um destination wedding, onde o relevante é a presença das nossas pessoas e de todo esse amor, a experiência vivida durante três dias com todas essas pessoas, toda essa energia feliz e contagiante partilhada a tempo inteiro, focada, presente, o que lhes podemos proporcionar enquanto casal, como mensagem do que significam para nós, na nossa vida, e o que elas nos dão de volta, essa resposta de amor incondicional, generoso, autêntico.
A selecção de hoje mostra o dia anterior, esse início de festividades celebrado à volta de uma fogueira, com um fantástico pôr-do-sol, um churrasco e breves discursos por parte dos noivos. Não poderíamos deixar de fora este registo – quem não quer um dia assim?

O dia do casamento é simplesmente bonito. Há um vestido de noiva que me deixa a suspirar (tal como as capinhas das madrinhas, que adereço mais fantástico e cheio de estilo!), uma manhã passada a piscinar e com uns momentos de yoga, uma cerinónia feliz e fotografias a dois com a mais bonita luz do Atlântico. Há uma refeição num cenário perfeito, onde todas as palavras de amor convergem e tudo é emoção, e há uma festa até de manhã, com comida a preceito e pista de dança on fire

É isto.

Boa Páscoa!

 

Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia

When the answer was “yes!”, how did you imagine your day?

We got engaged in our hometown of Adelaide, Australia. We knew that we would go overseas to get married but as far as we knew the world was our oyster and it could have been anywhere!

 

Did you feel prepared or was it a nerve-racking journey?

We felt pretty prepared the whole way through. Because we were getting married overseas we just had to get ourselves and our outfits on the plane. We didn’t need to coordinate any decorations or little details and there was no set up for us to do before the ceremony so it meant that once the big jobs were ticked off (such as organising the photographer, videographer, hair/makeup and DJ) there wasn’t much left to be done. Mostly we were just so excited for it to happen!

 

Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia

At what point of the wedding planning did you feel, “this is for real”?

When we skyped with and met our various vendors it really made us excited that it was actually happening!

 

Is the result true to the initial ideas or is it very different? Did you have any help?

This is a hard question to answer because when we started looking for a venue for our wedding we didn’t have any set ideas of what it would look like, we were really guided by just finding a venue that felt right. Once we found the website for Areias Do Seixo we knew straight away that it was where we’d get married! We knew that it was what we’d been searching for! The image of what our wedding would be really came to life once we’d decided on the venue. Areias Do Seixo were amazing with tailoring the three-day experience to be exactly what we wanted.

 

Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia

What was fundamental to you? And unimportant?

The most important part for us was finding the right wedding venue that was as easy as possible for our guests. We wanted to find somewhere that we could have the ceremony as well as accommodation so that guests could just check in one day and not have to worry about transport or logistics for the 3 days they were there. It was important that we all got to be together and holiday together (as people were travelling across the world to attend) so we wanted the venue to be small enough that we could book the whole place out so that it was just us and our guests there.

Little details were unimportant to us. I didn’t feel like I needed a bouquet and would have been ok with absolutely no decorations. We just wanted a beautiful venue that spoke for itself. As it turned out Areias Do Seixo have a talented team of stylists who took the utmost care in curating picturesque and personalised ceremony and reception spaces. The overgrown, candlelit, fairyland greenhouse that they styled for our reception was breathtaking and beyond anything I could have imagined.

 

Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia

What was easier? And what was more difficult?

Finding our various vendors was much easier than I thought it would be. I was worried to begin with that the language barrier would prove difficult when trying to find vendors but once I started searching there were so many options for photographers, videographers, hair and makeup and DJs whose websites were in English. The first person we locked in was our photographer Hugo Coelho. We knew he was exactly who we wanted when we saw his work and within 48 hours of first emailing him we’d skyped him, picked the package we were after and locked him in. It was a similar easy process with finding the rest of our vendors too.

The most difficult part of the process was navigating the Portuguese system to legalize our wedding.

 

Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia

What was the sentimental peak of your day?

Waking up on the morning of the wedding day and having breakfast, doing yoga and hanging out with all of our friends and family was such a special and relaxed way to approach the day.

Walking down the aisle I had the most overwhelming sense of love for my husband to be and all of our friends and family, and I felt all of their love as they looked back at me. It was such a special moment for us where the reality of getting married really sunk in and there was nothing but joy and love in the air.

 

Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia

And the peak of fun?

Dancing the night away with our friends until the early hours of the morning.

 

A special detail…

A big highlight for us and for many of our guests was the supper that they served at midnight. A staff member set up the barbeque and cooked strips of beef that the guests devoured with potato chips and hot chocolate. It was the exact sustenance needed the keep the party going for hours longer.

 

Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia

Now that it has happened, would you change anything?

Not one thing! Planning from afar meant that we didn’t meet our vendors, visit the venue or try the menu until 2 weeks before the wedding when we arrived in Portugal. Because of this we had no expectations and it meant that the whole wedding completely exceeded anything we could have imagined.

 

Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografiav Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia

Some words of advice for upcoming brides…

At the end of the day there’s only two key things needed to make the day perfect: that you get married and that you get to celebrate with your guests. Don’t sweat the small stuff on the day or in the lead up because when you know that nothing else truly matters you’ll never be let down and everything will be better than you could have imagined.

 

Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho FotografiaCasamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia  Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia Casamento Areias do Seixo: Hugo Coelho Fotografia

 

Our selected vendors:

 

stationary: Caroline Gliddon;

venue, catering, wedding cake, decor: Areias Do Seixo;

Groom apparel and accessories: Suit Supply suit, Ralph Lauren shirt, Meermin shoes and Rolex watch;

wedding dress and shoes: Alex Perry dress, Gucci shoes, Christie Nicolaides earrings, Cartier bracelet;

makeup and hair: Cati Beauty;

photography: Hugo Coelho Fotografia;

cinematography: Hugo Sousa Films;

lights, sound and Dj: Jukebox.

Susana Pinto

Casamento a dois no Alentejo: Inês + Bernardo

Fechamos esta semana com um casamento a dois no Alentejo, que é doce, doce.

É o mais bonito dos dias da Inês + Bernardo, captado pela Adriana Morais Photography. E que dia bonito e tão singular, este.

A Inês e o Bernardo escolheram casar sem convidados e sem confusão: apenas os dois, a conservadora do Registo Civil e a Adriana Morais a captar o dia e as memórias para mais tarde.

Não foi uma escolha impulsiva, mas uma decisão ponderada e muito apoiada pela família e amigos, o que é fantástico!

As imagens são belíssimas – a intimidade, o foco, os sorrisos, o toque-, e toda esta energia borbulhante é visível e contagiante.
Esta ideia de casar a dois pode ser muito doce e especial, verdade? A Inês + Bernardo estavam seguros disso e as imagens da Adriana Morais são a melhor prova deste grande plano.

Que dia bonito e que casal tão especial!

 

Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Desejámos e imaginámos um dia perfeito a dois, só nós os dois. Podia ser um dia todo ao ar livre, em plena natureza, cheio de sorrisos e ataques de riso entre nós. Podia ser um dia de praia com o pôr-do-sol alentejano todo para nós. No fundo, queríamos apenas um dia de comemoração a dois, num espaço nosso, num tempo nosso e sem nada que nos pudesse distrair de nós.

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

A decisão de casar sem convidados não é, nem foi, uma decisão fácil. Implica privarmos as pessoas de quem mais gostamos deste nosso momento, que poderia ser também um momento delas. Contudo em todo este caminho sentimos uma grande generosidade da família e amigos e, de uma forma muito bonita, recebemos muito amor nesta nossa decisão. Sentimo-nos por isso sempre muito preparados e muito apoiados, com o coração quente e cheio de gente. Os poucos nervos, que fomos sentido mais perto do dia, foram passageiros e acalmados com a serenidade de saber que seria apenas mais um dia de namoro, que tudo tinha para ser feliz.

Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Em todas as fases fomos sempre sentindo que era realmente isto que (nos) fazia sentido. Um dia a dois é bem mais fácil de organizar. Estivemos no Alentejo um mês antes e escolhemos um sítio para ficar (Herdade do Reguenguinho), uma zona da Costa Alentejana para casar (Cabo Sardão) e a nossa praia (secreta!) para namorar à vontade. Tínhamos a certeza que teria que ser nestes sítios. Escolhemos ainda a nossa fotógrafa (Adriana Morais) para registar todos os momentos com este mesmo sentido de simplicidade e de verdade. Depois uns dias antes cada um escreveu os seus votos e este, sim, foi o momento! O momento em que, sentimos que era real, especial, importante e que era exactamente isto que queríamos para nós.

 

Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

No fim, sentimos que tudo correu como imaginávamos. Felizmente, apesar de muito poucas coisas para tratar, tivemos toda a ajuda de amigos e familiares em algumas escolhas de pormenores (o vestido, o ramo, a camisa, o ambiente…). Engraçado como até as coisas mais simples requerem tanta decisão! Hoje, ao rever as nossas fotografias, todas tão bonitas, sabemos que não podíamos ter feito melhores escolhas em relação a tudo.

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Para nós, era fundamental que tudo neste dia tivesse a ver connosco e que estivéssemos os dois confortáveis e em sintonia. Tudo o resto: a excessiva preocupação com a imagem, com decorações, tradições, com os outros, tudo isso era completamente secundário para nós.

 

Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

No geral foi tudo fácil: as decisões, as escolhas, o consenso. A única dificuldade foi apenas, no próprio dia, termos de tratar nós de toda a logística por sermos apenas os dois. De qualquer forma, até isso acabou por ser divertido!

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

O momento mais sentimental foi talvez logo o início, com a chegada da Adriana, a nossa fotógrafa, que trazia um colete de máquinas fotográficas e um sorriso de orelha a orelha. Foi aqui neste momento que olhámos um para o outro super nervosos, bebemos um copo de champanhe e pensámos “é agora!”. Depois ao som das nossas músicas e com uma vista incrível para a planície alentejana, vestimo-nos um ao outro e sentimos que o mundo inteiro estava prestes a começar naquele momento.

 

Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography

E o pico de diversão?

O pico de diversão foi a chegada à praia. Num areal deserto e com um sol maravilhoso, tomámos logo um banho de champanhe e acabou-se logo ali a maquilhagem e os cabelos lisos! Todos molhados e entre muitas fotos, fartámo-nos de rir e curtir o resto do dia sempre ao natural, com corridas na praia e mergulhos no mar até ao anoitecer.

 

Um pormenor especial…

O maior detalhe do nosso dia foi, sem dúvida, termos a Adriana ao nosso lado. Num momento tão nosso e tão íntimo a dois, fez toda a diferença termos ao nosso lado alguém com uma grande sensibilidade que não nos retira qualquer privacidade, mas sim, pelo contrário, que acrescenta. Que acrescenta carinho, alegria, diversão, ideias loucas, romantismo e, tal como nós, muita vontade de viver este dia por inteiro.

 

Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Repetiríamos tudo, exactamente igual.

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Pensar só em “nós os dois” é o maior segredo para um dia de casamento. Pensar o que somos, o que nos faz felizes, o que nos diverte, o que nos apaixona. Escolher tudo isto, sem nunca nos distrairmos de que isso é a única coisa que importa, é fundamental para que seja um dia feliz.

 

Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography Casamento a dois, na Costa Alentejana, por Adriana Morais Photography

 

Os fornecedores envolvidos:

 

local: Herdade do Reguenguinho

fotografia: Adriana Morais Photography

 

Susana Pinto

Casamento na Torre Bella: Débora + Rúben

Fechamos esta semana com um casamento na Torre Bella – é o mais bonito dos dias da Débora + Rúben, fotografado pela Little Joy e filmado por The Breeders.

Os sorrisos e toda a energia que paira são contagiantes, e a entourage de madrinhas coloridas e risonhas é deliciosa – quem não quer uma grupeta assim, cheia de graça e pinta?

O primeiro casamento aconteceu só a dois, em Paris, e repetiram a dose, em formato alargado, junto da família e amigos, já por cá. Parece-me uma ideia genial!

Vamos a isto? Tenham um óptimo fim-de-semana!

 

Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

O “Sim” tão esperado foi em Paris, em 2016. Uma aventura, pois no mesmo dia casámos pelo civil no Consulado Português, na sala Eça de Queirós. Foi um dia cheio de mimos, com uma cidade super romântica só para nós os dois. Depois caberia escolher o grande dia para celebrar com as pessoas que mais amamos. Por surpresa, mas com um intuito muito simbólico, escolhemos o dia em que completava trinta anos. Nada melhor do que entrar nos trinta com as pessoas que mais amamos, no dia mais feliz das nossas vidas!

 

Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Estávamos super preparados, ansiávamos que chegasse rapidamente o nosso dia e preparámos tudo com muito amor e carinho.

Quem nos conhece sabe que foi um ano muito agitado e, como moramos fora do país, foram imensas as viagens a Portugal para que tudo estivesse perfeito! Quanto aos nervos, só no dia anterior ao casamento, mas quem não os sente?

 

Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little JoyFotografia de casamento no Porto: Little Joy

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Desde o início que começámos a pensar em todos os pormenores. Desde a escolha da quinta, a Torre Bella, que foi um amor à primeira vista, gira e com uma vista deslumbrante sobre o rio Douro, à igreja, a Torre dos Clérigos, representando o nossa cidade, da nossa querida fotógrafa e especialmente o dia em que escolhi o meu vestido de noiva… acho que esse dia fica na memória de qualquer noiva, é mágico e verdadeiramente especial.

 

Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

Suplantou as nossas expectativas, foi tudo lindo e mágico! Como já referimos, foi um ano complicado com imensas escolhas e decisões, sendo que a única ajuda que tivemos foi dos nossos familiares em pequenos pormenores e dos padrinhos, madrinhas e damas de honor, que foram realmente incansáveis!

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Fundamental era ter toda família reunida, ter todos os nossos amigos do coração reunidos… seria um dia tão especial que tudo tinha a sua importância.

 

Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

O mais fácil (que até parece mentira), e sem dúvida a escolha mais rápida de sempre, foi o fato do noivo! Fácil foi também a escolha da igreja Torre dos Clérigos, que sendo um ícone de grande importância da nossa cidade do Porto, é algo que nos simboliza e tem um sabor especial para nós, visto que estamos a viver fora do país.

Difícil, verdadeiramente o mais difícil, foi quando nos demos conta que a festa estava acabar, parecia um sonho do qual não queríamos acordar.

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

A resposta foi super rápida pelo Rúben: “a tua entrada na igreja!”. Também tivemos uma pequena surpresa da nossa querida Raquel Couto-Soprano, que cantou para nós à saída da Igreja, Hymn to the Sea (James Horner), uma das mais conhecidas músicas do filme Titanic. Ficámos parados até que acabasse, enquanto toda gente nos esperava no exterior da igreja… foi um momento que nunca mais esqueceremos.

 

Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy

E o pico de diversão?

Sem dúvida que todos os momentos da festa foram de pura diversão e todos bastante sentimentais, sendo por isso difícil escolher apenas um. Houve certamente um momento especial, em que ambos ficamos em êxtase… o corte do bolo!  Tínhamos pedido à nossa banda que tocasse ao vivo a música November Rain dos Guns N’Roses, umas das nossas músicas preferidas. Superaram largamente todas as expectativas. Foram incríveis. O momento foi espectacularmente fantástico!

 

Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy

Um pormenor especial…

As minhas queridas madrinhas, juntamente com as damas de honor, elaboraram uma super coreografia com todas as músicas que costumamos dançar… foi uma surpresa incrível!  Delirámos também com o vídeo elaborado com tanto carinho pelos nossos amigos. E, claro, não podia esquecer o meu aniversário de trinta anos, com uma festa incrível e com toda gente que adoro a cantar-me os parabéns !

Foi memorável!

 

Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Nada, tudo foi simplesmente mágico. Pedíamos apenas que o dia fosse mais longo!

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Simplesmente saboreiem, deixem-se envolver pelo momento, desfrutem cada segundo, será um dia cheio de emoções, será magico!

 

Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy Fotografia de casamento no Porto: Little Joy

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: feitos pelos noivos;

local e decoração: Torre Bella;

catering e bolo dos noivos: Duplos Gemini RC Eventos;

fato do noivo e acessórios: Prassa Porto;

vestido de noiva e sapatos: vestido e acessórios Pronovias; sapatos My Shoes;

maquilhagem: Maria Luis Makeup;

cabelos: Zé Carlos Taipa Hairstylist;

bouquet: Isabel Castro Freitas;

decoração: Torre Bella;

ofertas aos convidados: Mia Luzia;

fotografia: Little Joy;

vídeo: The Breeders;

luzes, som e Dj: The Ideal Gang, Raquel Couto (igreja).