Created with Sketch.
Susana Pinto

Q&A, para a Helena


A semana passada, a Helena, uma simpática noiva algarvia, escreveu-nos a pedir ajuda e algumas sugestões para fazer um casamento low budget, mas igualmente romântico e bem disposto:


“Eu fiquei noiva no dia 18 de Setembro mas chegámos à conclusão que, só no caso de a nossa vida dar uma grande volta, é que conseguiremos ter uma festinha para festejarmos o nosso dia com quem mais gostamos.

Pensei então em fazer algo muito simbólico e divertido, sem luxos e que seja o mais económico possível.”


Inspirada pelo que vai vendo por aqui, e depois de constatar a oferta pouco variada em alternativas para o local, gostava de fazer uma festa um bocadinho menos convencional, menos cara mas muito divertida, provavelmente num restaurante simpático.

Com as habituais dúvidas nestes casos (será que os outros vão achar graça…?) e sem saber por onde começar, resolveu perguntar, e muito bem!


Nós por cá, chamámos a Maria João, da Design Events, sempre com óptimas ideias e mão firme em orçamentos pequenos, e o resultado é o que se segue:


“Olá Helena !

Ora faz muito bem em querer ter o seu dia especial e se não pode gastar muito não será  por isso que irá deixar de ter a “sua” festa menos bonita e romântica – quanto aos hábitos tradicionais, afinal de contas quem é que vai casar e ser feliz para sempre ? Quem é que quer que este dia seja uma mostra de muitos outros para o resto das vossas vidas ? Você, claro, juntamente com o seu mais que tudo…

Então nada de hesitações… e vamos ao que interessa!


O que lhe proponho é uma festa íntima, divertida, romântica dentro de um esquema small budget como manda a actual situação.

Não sei que tipo de cerimónia vai ter mas seja religiosa ou civil, case a seguir ao almoço ou entre as 14 e as 15H.



(Sunday Suppers)


. local e menu:


Escolha um restaurante simpático, daqueles onde gostamos de ir comer um peixinho assado, despretencioso e com um serviço simpático. Se estiver à beira mar, perfeito. Reserve o restaurante só para si nesse dia e poupe na ementa.


Receba os seus convidados com uma sangria de bom vinho algarvio, muita fruta e hortelã – simples mas bonita. Junte uns salgadinhos, e umas espetadinhas de frutas com uma boas gambas na grelha – pouco mas bom, afinal de contas está na terra do marisco e do bom peixe o que tornará o orçamento um pouco menos pesado. Sirva um buffet de ameijoas à algarvia, saladinhas de lulas, polvo e outras opcções que sejam fáceis de apresentar em cataplanas ao longo da mesa. Use loiça simpática mas despretenciosa – o barro é sempre uma boa opcção e se for branco pintado como se vê por aí, vai ver como terá um buffet de boas vindas, bonito e elegante.


Ao cair do dia, faça uma sunset party – ponha musica chill out, disponha banquinhos e almofadas pelo exterior e faça rodar umas caipirinhas, mojitos e uns sumos naturais pelos convivas – aproveite para fazer umas fotos com o pôr do sol,  num clima muito descontraído e romântico. Não se esqueça de umas mesas com cadeiras para os menos jovens.


Após este momento siga para o jantar, mantenha o esquema de buffet para não cortar o clima descontraído – ponha a grelha a funcionar com uma espetadinhas de carnes variadas e legumes. Monte uma mesa de doces algarvios e junte um gelado. Deixe os convidados fazerem o seu prato e sentarem-se onde quiserem. Dê destaque à música – escolha com o noivo as vossas músicas perferidas, grave uns cd’s e socorra-se de um amigo jeitoso e simpático que queira ser o Dj da noite (ou então, carregue o sue leitor de mp3 com 14 horas de música simpática, junte umas colunas e deixe-o em auto gestão!).


Para o bolo, inspire-se nos doces algarvios – escolha um e mande fazer em tamanho grande – será pelo menos original!


Para fechar a noite e para os mais resistentes, sirva uma aguardente de medronho com umas bolachinhas de erva-doce.



(Martha Stewart Weddings)


. decoração


Mantendo um orçamento controlado, e para decorar o espaço, socorra-se de soluções baratas mas com charme. Use mesas corridas, uma toalha branca é suficiente, por cima faça uns caminhos de mesa em papel azul e para lhe dar um toque decorativo, faça um molde de uma estrela do mar e basta delineá-la com um marcador grosso em vermelho. Use guardanapos brancos simples de papel mas faça um carimbo com uma estrela mais pequena em azul e branco para decorar o canto. Para a decoração floral, use todo o tipo de potes que tiver à mão (jarros para vinho, copos, jarrinhas pequenas – quanto mais diferentes melhor), nada de flores sofisticadas, use as do campo algarvio, se possível aquelas fantásticas que vão secando ao longo do Verão. Junte muitas velas brancas de vários tamanhos e terá uma decoração simples, fresca e romântica.


(Once Wed)


. toilette


Se esta a pensar na fatiota, use e abuse do estilo hippy chic que ficará a matar – compre uma vestido simples, junte umas sandálias brancas ou douradas, nada de grandes penteados, se gosta, use um lenço bonito na cabeça, ou uma flor, maquilhagem natural, bronzeada q.b. Para o noivo umas calças de algodão ou linho, camisa descontraída e um colete aberto, lindo para acompanhar uma noiva Peace & Love maravilhosa.


. convites


Para convidar sem se arruinar, tire uma foto do restaurante, passe a desenho à mão e imprima os seus convites a cinza. Compre uns envelopes vermelhos et voilá – simples, bonito e barato.

Mais tarde … esperamos ver estas sugestões e as suas escolhas por aqui!”


Bom, que óptimas sugestões! Para a semana, a Wise_up Weddings deixa-lhe algumas ideias para detalhes da decoração, em papel, simples de fazer mas com grande efeito, que podem mudar completamente o ambiente.


Comentar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  • Helena

    Bem, posso dizer que estou maravilhada e super inspirada para aquele que virá a ser um dia inesquecivel.
    Amei todas as sugestões e penso segui las.
    Estou super feliz de vos ter pedido ajuda, relamente “quem sabe,sabe”,eheh.
    Muito obrigado e de certeza que falaremos mais vezes.
    A serio, as vossas sugestoes estão demais.
    Obrigado e um beijinho grande de uma noiva agora muito mais inspirada,eheh.

  • Susana

    Helena, conte connosco à vontade, para ajudar, sugerir, reforçar e festejar!

  • Muito bom este post. Parabéns à equipa.
    Tudo isto vem provar que não é preciso gastar muito para se fazer uma festa bonita! Com todas estas sugestões de certeza que a Helena terá o seu dia…perfeito!

  • Lília

    Não posso deixar de comentar! As sugestões são fantásticas! E dão-me vontade de casar outra vez!!!
    Gostava de as ter lido uns tempos antes… Tive um casamento low (low) budget que foi a nossa cara, mas agora que vou lendo os vossos post (com mais calma e muito menos ansiedade) e olho para trás mudava algumas coisas (pequenos pormenores que fariam a diferença)!
    Continuem com estas sugestões deliciosamente inspiradoras!
    Beijinhos*

  • Susana

    Olá Maria João, bem vinda!

    Obrigado pelo comentário simpático! Ainda temos mais umas sugestões debaixo da manga para a Helena, stay tuned!

  • Susana

    merci!

  • Muito bom! São com estas pequenas grandes ideias que se fazem os casamentos mais únicos.
    Inspirou-me também para escrever brevemente um artigo para quem quer ter fotografia no casamento e tem um budget apertado. Lá diz o ditado, com a devida transposição: mais vale não ter fotógrafo do que ter alguém com que não nos identificamos nada (às vezes 12 horas…)

  • Susana

    Raimundo, usa e abusa da coluna “Melhores conselhos”!

  • Fantástica rubrica que ajudará certamente muitas e muitas noivas, eu fiquei deliciada com as sugestões, muito bem apresentadas, a ementa divina, a Helena deve estar super entusiasmada 🙂

    Parabéns à Maria João da Design Events que consegui elaborar um dia especial (mesmo com low budget que é realmente possível) de uma maneira brilhante, não escapou nada, pormenores lindos 🙂

    Su digo-te como leitora e fã: o Simplesmente Branco é simplesmente THE BEST

    Raimundo…concordo e assino por baixo 🙂

  • Susana

    Penso nisso todos os dias, sobretudo quando chegam desafios e respondemos à altura… é tão simples o processo, basta dar o passo e pensar um bocadinho mais ao lado, com generosidade!