Created with Sketch.
Susana Pinto

À conversa com: Quinta do Hespanhol – espaço para casamentos

Hoje a conversa é com a equipa da Quinta do Hespanhol, um espaço para casamentos nos arredores de Lisboa, em Torres Vedras.

Fiquem a conhecer em detalhe este espaço mágico e muito romântico, onde uma equipa muito empenhada e atenta vos conduz até ao mais bonito dos dias.

Todos os anos conhecemos casais que nos inspiram e que nos marcam. O melhor que posso dizer é que todos eles depositam totalmente a sua confiança em nós, dando-nos liberdade criativa, desafiando-nos a criar coisas novas e, simplesmente, relaxam e aproveitam todas as partes boas deste processo!

Contem-nos um bocadinho do vosso percurso, como vieram parar ao universo dos casamentos?

Começámos a fazer eventos há mais de 30 anos, inicialmente mais corporativos do que sociais, mas com o tempo focámo-nos mais nos casamentos. É difícil atribuir uma só razão, mas ainda bem que assim foi, os casamentos são muito mais pessoais e desafiantes que qualquer outra festa, não só devido às expectativas criadas após anos a sonhar com este dia como o facto de ser um momento único na vida do casal, um dia que querem partilhar com a pessoas de quem mais gostam, sem terem de se preocupar com mais nada, a não ser desfrutar.

 

ESpaço para casamentos com cerimónia civil ao ar livre: Quinta do Hespanhol  ESpaço para casamentos com cerimónia ao ar livre: Quinta do Hespanhol Espaço para casamentos com cerimónia ao ar livre

A imagem de marca da Quinta do Hespanhol é, na minha opinião, um estilo rústico, campestre e muito romântico. Concordam com esta definição?

Descreve muito bem o estilo da Quinta. O campestre devido, claro, ao estar longe da cidade, e a toda a envolvência verde. O rústico devido à essência da Quinta, nós podemos tentar modernizar a decoração mas isso não faz sentido porque não faz parte da sua identidade. E o romântico pela sua história, aliás, por todas as histórias, as da nossa família e as de todos os casais que por cá passaram. A Quinta acaba por ser o “palco” de um dos dias mais especiais da vida dos nossos noivos, não só acredito que marque muitos deles, como também muitos marcaram a Quinta, é isso sem dúvida que influencia a essência de um espaço.

 

Esta assinatura faz parte do ADN do espaço, ou é algo que escolheram como tendência e tema para este ano? Porquê?

Sem dúvida que não foi escolhido, acredito que com os anos e as histórias que passaram na Quinta, ela foi ganhando carácter, isto não é algo que seja possível criar da noite para o dia, não é algo que seja possível escolher.

Se impusermos um estilo a um sítio, nunca vai haver ligação, é algo que precisa de ser trabalhado e que tem que fazer sentido.

Há uns tempos  a mãe de uma noiva disse-nos algo que nos marcou: “visitámos muitos espaços, muitos com opções dentro do mesmo estilo e até com objectos de decoração iguais, mas pareciam só “postos lá” de propósito, aqui eles pertencem…”.
A lição é esta: não vale a pena forçar estilos para vender casamentos, devemos ser fiéis a nós mesmos e à identidade e natureza do espaço.

 

espaço para casamentos com cerimónia ao ar livre: Quinta do Hespanhol Espaços para casamento: Quinta do Hespanhol Espaços para casar: Quinta do Hespanhol

As tendências da estação… são um assunto de trabalho ou apenas fait-divers?

Depende, há algumas tendências que são pesquisadas e trabalhadas de modo a convergirem com o nosso estilo, e há outras que simplesmente acontecem…! A maioria dos nossos casais interessa-se muito por decoração, e, felizmente têm muito bom gosto e vão ao encontro do nosso estilo.

Quando um casal nos apresenta ideias novas e estilos diferentes, depois das trabalharmos e pormos em prática, muitas vezes acabam no inspiration board do próximo ano!

 

Ter o controle das decisões é importante? Têm uma perspectiva perfeccionista e específica sobre o resultado e a forma como querem que o vosso espaço e trabalho sejam mostrados e vividos, ou é o prazer discutir ideias, de criar e acompanhar o processo, que vos interessa mais na relação com cada projecto, cada cliente?

O controlo das decisões não é, de todo, um objectivo nosso. Cada casal é diferente, pelo que cada casamento também o deve ser. Com o volume de marcações que temos, há certos aspectos que são difíceis de alterar, mas fazemos de tudo para que noivos sintam que estão a receber os seus convidados em casa e que tudo seja um reflexo da sua personalidade e gostos pessoais!

Recebemos casais que chegam com ideias muito determinadas, com fotografias de outros casamentos para que façamos igual, mas faz parte do nosso processo conhecê-los e, com um bocadinho de liberdade criativa, tornar a festa no “seu” casamento.

Somos perfeccionistas e se houver margem, tempo e meios para melhorar, porque não?

 

Espaços para casamento: Quinta do Hespanhol

Onde buscam inspiração para cada nova temporada de trabalho?

Passamos longas e apreciadas horas no Pinterest e recolhemos ideias que depois trabalhamos até fazerem parte do nosso estilo. Outra grande fonte de inspiração são os nossos casais criativos e dispostos a arriscar.

 

E nos momentos de fadiga criativa, como refrescam a mente e o olhar?

Temos boards de inspiração para cada estilo, e quando estamos menos inspiradas, conversamos entre nós, discutir o processo é a melhor maneira de arranjar novas ideias, e tendo em conta a carga criativa dentro da nossa equipa, é uma óptima solução!

 

Espaço para casamentos com salão rústico: Quinta do Hespanhol

Como é o vosso processo de trabalho, como criam uma ligação aos vossos clientes?

O nosso processo não tem sido tão pessoal como gostaríamos, e para a nova estação queremos organizar as visitas de uma forma mais apelativa: uma primeira visita para conhecer o espaço e os serviços, que é mais impessoal e na companhia de outros clientes, que servirá de filtro para a segunda visita, igualmente colectiva e provavelmente acompanhada pelos pais, e que inclui prova de degustação.

A terceira visita será para a mostra da decoração e aqui a atenção é já mais dedicada, conseguimos conhecer melhor os casais e conversar demoradamente de forma a conhecê-los e perceber o seu estilo, o que os inspira e quais as expectativas que têm para o grande dia.

Recomendamos uma quarta visita cerca de três meses antes do evento e uma reunião para percebermos o progresso da organização do casamento. A quinta visita ocorre um mês antes, para fecharmos todos os pormenores da organização do dia. A sexta visita deverá ser na semana anterior, para depositar todo o estacionário e elementos soltos (seating plan, menus, sinalética, lembranças, peças especiais, etc.).

Fechamos o ciclo com a sétima visita, a melhor de todas: o grande dia!

Este é o cenário ideal, mas é claro que nem todos os casais têm esta disponibilidade, por isso, fazendo as visitas indispensáveis, e reuniões via Skype com os nossos casais que vivem fora do país, organizamos tudo!

 

Bolo dos noivos de verão - na QUinta do Hespanhol Espaço para casamentos nos arredores de Lisboa - Quinta do Hespanhol

Qual é a melhor parte de organizar e decorar um casamento? E o mais desafiante e difícil?

A melhor parte é, sem dúvida, quando passamos do papel para realidade, a montagem e depois o resultado final quando corre como idealizámos, é algo extremamente gratificante. O grande desafio é a falta de orçamento para decoração, por parte de alguns dos nossos casais que têm ideias com as quais nos identificamos e que queremos mesmo por em prática- é uma ginástica difícil.

 

Qual foi o casamento em que mais gostaram de trabalhar? Porquê?

Isso é tão difícil de escolher! Todos os anos conhecemos casais que nos inspiram e que nos marcam. O melhor que posso dizer é que todos eles depositam totalmente a sua confiança em nós, dando-nos liberdade criativa, desafiando-nos a criar coisas novas, e simplesmente relaxam e aproveitam todas as partes boas deste processo!

 

Escolham uma imagem favorita do seu portefólio e contem-nos porquê:

Mais uma pergunta difícil… Há certas imagens que ficam guardadas na memória, muitas vezes porque foi uma estreia (de um novo estilo, de uma nova área, etc..), porque são zonas familiares (como as do viveiro), porque é a nossa equipa, ou pelas emoções que transparecem. No dia, com a correria das montagens, apenas a Sílvia (a nossa coordenadora do dia) acompanha os noivos. Quando recebemos as reportagens fotográficas, mesmo com as belas imagens das decorações, as que nos marca mais  são as que captam o “carrocel” de emoções que os noivos atravessaram nesse dia.

 

Quinta do Hespanhol - espaco para casamentos

 

Contactem a Quinta do Hespanhol através da sua ficha de fornecedor. Espreitem a galeria, feita de belas imagens, e contactem o Miguel Fernandes Thomaz directamente através do formulário: é só preencher com os vossos dados e mensagem, e na volta do correio, terão uma resposta simpática.

E não deixem de espreitar o casamento bonito da Filipa + Francisco.

 

Acompanhem estas nossas conversas longas com fornecedores seleccionados Simplesmente Branco, sempre à quarta-feira!

 

Susana Pinto

Dicas para casar: como encontrar o espaço certo para o casamento?

Hoje vamos dar sugestões para encontrar o espaço de casamento.

Depois de termos falado de orçamentos e de fornecedores, o passo que se segue é reservar o espaço que cumpre a visão que têm para o mais bonito dos dias. Nesta altura, já terão uma data preferida e um número de convidados alinhavado, o que ajuda a afinar as escolhas possíveis.

 

O espaço e o catering representam a fatia maior do orçamento, e isso pode ser um bocadinho assustador. Neste caso, a antecedência joga a vosso favor, não só porque há mais oferta disponível, como também vos permite ir reunindo um pé-de-meia com maior tranquilidade.

É muito comum planear este passo com um ano de antecedência. Se estão de olho num espaço particularmente concorrido e nas datas mais procuradas (como os dois primeiros fins-de-semana de Setembro), convém alargar esse timming, para garantir que conseguem o cenário que querem, como o querem.

Por outro lado, se a vossa agenda é mais apertada, uma das soluções passará por flexibilizar a data do grande dia: as sextas-feiras, os domingos, alguns feriados a meio da semana e os meses menos concorridos podem significar diferenças interessantes no orçamento final e assegurar a disponibilidade do espaço dos vossos sonhos – e tudo isto é, claro, válido igualmente para os restantes fornecedores.

 

Espaços para casar: Quinta do Hespanhol Espaços para casar: Quinta do Hespanhol Espaços para casar: Quinta do Hespanhol

Dominado este trio de agenda, data e número de convidados, passamos ao ambiente e decoração. O que procuram, qual é a vossa visão para este belo dia?

As possibilidades são quase ilimitadas: interior, exterior ou ambos? Um hotel urbano e moderno, um restaurante na praia, uma quinta rústica e com vinha, uma galeria  de arte ou sala bonita, um palácio, um jardim, uma casa de família, um monte no Alentejo?

Podemos dizer que qualquer sítio, desde que reúna as condições apropriadas, pode ser transformado no vosso local ideal para casar.

Mantemos a nossa recomendação de sempre, para qualquer tomada de decisão: saber é poder, por isso, façam as vossas pesquisas de fornecedores,  escolham cinco, contactem três. Se não encontram o que procuram à primeira, repitam o esquema.

 

O ponto de partida para sustentar a vossa decisão devem ser os números. A dimensão e tipologia da vossa lista de convidados irá, logo de início, excluir algumas opções, ou porque são muitos, ou porque são poucos. A seguir, o caminho divide-se, grosso modo, em dois: uma oferta do pacote completo ou um desafiante cenário em branco, onde a vossa visão e investimento (de tempo, dinheiro e energia) fará a magia. Ambos têm potencial e resultarão num dia espantoso, cabe-vos apenas perceber o que vos serve melhor, com mais conforto e menos dificuldades e angústias no processo.

 

Na hora de começar as visitas, não saiam de casa sem uma lista de perguntas e questões a esclarecer. Estas são algumas, que achamos fundamentais:

 

  • capacidade da sala;
  • o que está e não está incluído no valor;
  • hora de início e de fim de festa;
  • têm catering próprio ou permitem outros fornecedores da vossa escolha;
  • confirmem o que o espaço permite e o que proíbe (como decoração feita por terceiros ou aluguer de mobiliário extra, por exemplo). Se não gostam, não aceitem a “decoração da casa” com o argumento de que é tendência ou única opção, o diálogo e flexibilidade são sempre o melhor caminho;
  • se pretendem que a cerimónia decorra no mesmo espaço da festa, verifiquem a capacidade dos espaços exteriores, nomeadamente a oferta de sombra (façam contas à posição solar na hora da cerimónia);
  • inspeccionem casas de banho, acessos (estacionamento incluído) e espaços exteriores (sem esquecer, novamente, os pontos de sombra!) Tomem nota também do mobiliário de apoio, aquecimentos para as noites mais frescas, dimensões dos espaços e alguns detalhes de segurança, por causa dos mais pequenos e dos mais velhos;
  • peçam para ver as opções de atoalhados e loiça; caso tenham um ar desgastado, perguntem se é possível alugar outros (o custo deverá estar sempre do lado do fornecedor); e vejam também uma mesa montada, completa.
  • avaliem devidamente o espaço: se é escuro e está em mau estado, a decoração não resolverá tudo, há situações estruturais que não têm solução.

 

Esta visita deverá ser feita com tempo e calma, façam algumas fotografias e tomem notas. É fundamental que inquiram sobre todos os itens e anotem de tudo aquilo de que gostaram mais e menos. E, claro, estejam atentos à forma como vos recebem e como acolhem as vossas dúvidas e sugestões.

Uma boa equipa apresenta diferentes fórmulas e soluções: cada casal tem expectativas diferentes, vivências diferentes e culturas diferentes, e um bom profissional saberá ouvir, interpretar e ler o seu cliente.

E por falar em equipa, assegurem-se de que existe uma articulação bem oleada entre o espaço e todos os outros fornecedores envolvidos.

 

Espaços para casamento: Quinta do Hespanhol Espaços para casamento: Quinta do Hespanhol Espaços para casamento: Quinta do Hespanhol

Se a decoração é por vossa conta (particular ou de um profissional contratado), sejam exigentes e claros, façam as devidas apresentações antecipadamente e afinem e promovam a sintonia entre todas as partes. Detalhar é importante, e por isso acertar responsabilidades, tarefas, timmings e contactos é fundamental para que tudo flua de modo sereno, profissional e ágil. Não se esqueçam de confirmar horários e disponibilidades para as montagens e desmontagens dos fornecedores externos.

E, claro, para que não haja surpresas desagradáveis, deverão sempre conversar sobre um plano B. Certamente estão a pensar em dias soalheiros e temperaturas amenas, mas se o plano principal é ao ar livre, certifiquem-se de que há uma opção alternativa no interior, à vossa disposição e em perfeitas condições de utilização. Confiram a meteorologia na semana anterior, não confiem demasiado na sorte, e se for caso disso, ponham em marcha as alternativas planeadas.

 

Depois de visitarem os espaços que elegeram durante as pesquisas, listem prós e contras de cada um deles. Retomem o contacto com quem vos recebeu, para esclarecer dúvidas e considerar outras opções que não vos tenham ocorrido durante a visita. Façam-no por telefone, que é mais produtivo e poderão trocar ideias na hora, em vez de perder tempo a trocar e-mails.

Com a vossa decisão tomada, vamos às formalidades: confirmem que tudo o que negociaram está no papel, incluíndo informação detalhada sobre cancelamentos, imprevistos, responsabilidades de parte a parte e as condições e formato de pagamento. Se se sentem confortáveis com tudo o que está listado, assinem o vosso contrato.

 

Quinta do Hespanhol - espaco para casamentos

Espaço para casamentos - Quinta do Hespanhol

Na nossa romântica opinião, existe um espaço à medida de cada casamento, grande, pequeno, intimista, festivo, exuberante, singelo. E vocês vão encontrá-lo, não duvidem!
Estejam atentos a todos os detalhes de que falámos – é um investimento demasiado volumoso para ser decidido sem ponderação. Mas escutem, também, o bater dos vossos corações: se acelerar ao entrarem num espaço em particular, se conseguirem ver-vos, e aos vossos convidados, naquelas salas e naqueles jardins, se sentirem um aperto emocionado no peito ao imaginar a primeira dança daquele cenário, se é o sítio onde o “sim” vos põe uma lágrima no canto do olho… então, muito provavelmente, está encontrado o espaço dos vossos sonhos!

 

Sobram dúvidas? Falem connosco, têm a caixa dos comentários inteiramente à vossa disposição. E não deixem de acompanhar todas as dicas para casar que vamos publicando, sempre à segunda-feira.

 

Estas imagens bonitas são da Quinta do Hespanhol, um magnífico espaço nos arredores de Lisboa. Espreitem a sua ficha de fornecedor e marquem uma visita com a Ana Thomaz.

Save

 

Susana Pinto

Casamento na Quinta do Hespanhol: Filipa + Francisco

Damos as boas vindas ao novo ano e retomamos as histórias de amor que contamos às sextas-feiras.

Hoje partilhamos o mais bonito dos dias da Filipa + Francisco: um casamento na Quinta do Hespanhol, fotografado pela Rita Santana Photography, com bouquet de noiva pelas mãos da Teresa Gonçalves, da Flor de Laranjeira.

Juntam-se a nós?

 

Casamento rústico na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico na QUinta do Hespanhol

 

Casamento na Quinta do Hespanhol

 

Casamento na Quinta do Hespanhol

 

Casamento na QUinta do Hespanhol: sapatos de noiva em cetim rosa blush

 

Casamento na Quinta do Hespanhol: vestidos da menina das alianças

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Queríamos simplesmente que fosse um dia com significado.

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Sim, sentimo-nos sempre preparados. Houve momentos de cansaço devido às nossas vidas profissionais, mas sempre soubemos que era o nosso caminho.

 

Casamento na Quinta do Hespanhol

 

Casamento na Quinta do Hespanhol: penteado da noiva

 

Casamento na Quinta do Hespanhol

 

Casamento na Quinta do Hespanhol

 

Casamento na Quinta do Hespanhol: pulseira da madrinha

 

 

Casamento na Quinta do Hespanhol: vestido de noiva decotado nas costas

 

Casamento na Quinta do Hespanhol

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Dias antes, quando falámos com o nosso Padre.

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

É muito mais que fiel, superou as expectativas. E sim, tivemos muita ajuda.

 

Casamento na QUinta do Hespanhol: vestido de noiva Laure Sagazan

 

Casamento na Quinta do Hespanhol: bouquet de noiva de Flor de Laranjeira

 

Casamento na Quinta do Hespanhol: vestido da menina das alianças

 

Casamento na Quinta do Hespanhol:

 

Casamento na Quinta do Hespanhol:

 

Casamento na Quinta do Hespanhol

 

Casamento na Quinta do Hespanhol

 

Casamento na Quinta do Hespanhol

 

Casamento na Quinta do Hespanhol

 

Casamento na Quinta do Hespanhol

 

Casamento na Quinta do Hespanhol

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Era fundamental que todo o casamento tivesse um significado simbólico, senão não valeria a pena casar. Para nós todo o pequeno detalhe teve a sua importância.

 

Casamento na Quinta do Hespanhol

 

Casamento na Quinta do Hespanhol

 

Casamento na Quinta do Hespanhol

 

Casamento na Quinta do Hespanhol: decoração de casamento rústico

 

Casamento na Quinta do Hespanhol: decoração de casamento rústico

 

Casamento na Quinta do Hespanhol: decoração de casamento rústico

 

Casamento na Quinta do Hespanhol: decoração de casamento rústico

 

Casamento na Quinta do Hespanhol: decoração de casamento rústico

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

Decidir o espaço para o copo de água. Decidir a indumentária também foi, no geral, muito fácil e rápido. De resto, todas as escolhas tiveram o seu quê de dificuldade na escolha: menu, convites, missais, decoração da sala de copo d’água, leituras da cerimónia… Distribuir os convidados pelas mesas também não foi fácil.

 

Casamento na Quinta do Hespanhol: sessão fotográfica de casados

 

Casamento na Quinta do Hespanhol: sessão fotográfica de casados

 

Casamento na Quinta do Hespanhol: sessão fotográfica de casados

 

Casamento na Quinta do Hespanhol: sessão fotográfica de casados

 

Casamento na Quinta do Hespanhol: sessão fotográfica de casados

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

A preparação e o pós. Foi uma grande descarga emocional.

 

E o pico de diversão?

Durante a cerimónia e durante o copo d’água.

 

CAsamento na Quinta do Hespanhol

 

Casamento na Quinta do Hespanhol

 

CAsamento na Quinta do Hespanhol

 

CAsamento na Quinta do Hespanhol

 

CAsamento na Quinta do Hespanhol: naked cake dos noivos

 

CAsamento na Quinta do Hespanhol: corte do bolo

 

Um pormenor especial…

Recriámos um “tie the knot”, e foi o próprio Padre que o entrelaçou nas nossas mãos.

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Nada!

 

CAsamento na Quinta do Hespanhol

 

CAsamento na Quinta do Hespanhol

 

CAsamento na Quinta do Hespanhol

 

CAsamento na Quinta do Hespanhol

 

CAsamento na Quinta do Hespanhol

 

CAsamento na Quinta do Hespanhol

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Relaxem e aproveitem toda a preparação do casamento. É um dia muito feliz, e é um dia para vocês desfrutarem com o vosso futuro marido. É normal haver dúvidas e toda a preparação ter picos de stress, mas faz parte e, sem isso, o dia não teria tanto sabor.

 

Bonito, não é?

Passem pela casa da Rita Santana para ver o resto das imagens bonitas deste dia!

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: feitos por um amigo nosso, Manuel Barbosa de Melo;

espaço, catering e decoração: Quinta do Hespanhol;

fato do noivo e acessórios: alfaiate em Coimbra;

vestido de noiva e sapatos: vestido e véu Laure de Sagazan, sapatos Kendal & Kylie;

maquilhagem: Andreia de Almeida;

cabelos: Patz Hair and Makeup;

bouquet: Flor de Laranjeira;

ofertas aos convidados: Muguet Bem Casados;

fotografia: Rita Santana Photography;

luzes, som e Dj: Paulito Rodrigues Dj.

 

Susana Pinto

À conversa com: Quinta do Hespanhol – espaço para casamentos

Hoje a conversa é com a equipa da Quinta do Hespanhol, um espaço para casamentos nos arredores de Lisboa, em Torres Vedras.

Fiquem a conhecer em detalhe este espaço mágico e muito romântico, onde uma equipa muito empenhada e atenda vos conduz até ao mais bonito dos dias.

Todos os anos conhecemos casais que nos inspiram e que nos marcam. O melhor que posso dizer é que todos eles depositam totalmente a sua confiança em nós, dando-nos liberdade criativa, desafiando-nos a criar coisas novas, e simplesmente relaxam e aproveitam todas as partes boas deste processo!

Contem-nos um bocadinho do vosso percurso, como vieram parar ao universo dos casamentos?

Começámos a fazer eventos há mais de 30 anos, inicialmente mais corporativos do que sociais, mas com o tempo focámo-nos mais nos casamentos. É difícil atribuir uma só razão, mas ainda bem que assim foi, os casamentos são muito mais pessoais e desafiantes que qualquer outra festa, não só devido às expectativas criadas após anos a sonhar com este dia como o facto de ser um momento único na vida do casal, um dia que querem partilhar com a pessoas de quem mais gostam, sem terem de se preocupar com mais nada, a não ser desfrutar.

 

A imagem de marca da Quinta do Hespanhol é, na minha opinião, um estilo rústico, campestre e muito romântico. Concordam com esta definição?

Descreve muito bem o estilo da Quinta. O campestre devido, claro, ao estar longe da cidade, e a toda a envolvência verde. O rústico devido à essência da Quinta, nós podemos tentar modernizar a decoração mas isso não faz sentido porque não faz parte da sua identidade. E o romântico pela sua história, aliás, por todas as histórias, as da nossa família e as de todos os casais que por cá passaram. A Quinta acaba por ser o “palco” de um dos dias mais especiais da vida dos nossos noivos, não só acredito que marque muitos deles, como também muitos marcaram a Quinta, é isso sem dúvida que influencia a essência de um espaço.

 

Esta assinatura faz parte do ADN do espaço, ou é algo que escolheram como tendência e tema para este ano? Porquê?

Sem dúvida que não foi escolhido, acredito que com os anos e as histórias que passaram na Quinta, ela foi ganhando carácter, isto não é algo que seja possível criar da noite para o dia, não é algo que seja possível escolher.

Se forçarmos um estilo a um sítio, nunca vai haver ligação, é algo que precisa de ser trabalhado e que tem de fazer sentido.

Este ano a mãe de uma noiva disse-nos algo que nos marcou: “visitámos muitos espaços, muitos com opções dentro do mesmo estilo e até com objetos de decoração iguais, mas pareciam só “postos lá” de propósito, aqui eles pertencem…”.
A lição é esta: não vale a pena forçar estilos para vender casamentos, devemos ser fiéis a nós mesmos e à identidade e natureza do espaço.

 

Quinta do Hespanhol - espaco para casamentos

 

Quinta do Hespanhol - espaco para casamentos

 

Quinta do Hespanhol - espaco para casamentos

 

As tendências da estação… são um assunto de trabalho ou apenas fait-divers?

Depende, há algumas tendências que são pesquisadas e trabalhadas de modo a convergirem com o nosso estilo, e há outras que simplesmente acontecem…! A maioria dos nossos casais interessa-se muito por decoração, e, felizmente têm muito bom gosto e vão ao encontro do nosso estilo.

Quando um casal nos apresenta ideias novas e estilos diferentes, depois das trabalharmos e pormos em prática, muitas vezes acabam no inspirational board do próximo ano!

 

Ter o controle das decisões é importante? Têm uma perspectiva perfeccionista e específica sobre o resultado e a forma como querem que o vosso espaço e trabalho sejam mostrados e vividos, ou é o prazer discutir ideias, de criar e acompanhar o processo, que vos interessa mais na relação com cada projecto, cada cliente?

O controlo das decisões não é, de todo, um objetivo nosso. Cada casal é diferente, pelo que cada casamento também o deve ser. Com o volume de marcações que temos, há certos aspectos que são difíceis de alterar, mas fazemos de tudo para que noivos sintam que estão a receber os seus convidados em casa e que tudo seja um refelxo da sua personalidade e gostos pessoais!

Recebemos casais que chegam com ideias muito determinadas, com fotografias de outros casamentos para que façamos igual, mas faz parte do nosso processo conhecê-los e, com um bocadinho de liberdade criativa, tornar a festa no “seu” casamento.

Somos perfecionistas e se houver margem, tempo e meios para melhorar, porque não?

 

Onde buscam inspiração para cada nova temporada de trabalho?

Passamos longas e apreciadas horas no Pinterest e recolhemos ideias que depois trabalhamos até fazerem parte do nosso estilo. Outra grande fonte de inspiração são os nossos casais criativos e dispostos a arriscar.

 

E nos momentos de fadiga criativa, como refrescam a mente e o olhar?

Temos boards de inspiração para cada estilo, e quando estamos menos inspiradas, conversamos entre nós, discutir o processo é a melhor maneira de arranjar novas ideias, e tendo em conta a carga criativa dentro da nossa equipa, é uma óptima solução!

 

Quinta do Hespanhol - espaco para casamentos

 

Quinta do Hespanhol - espaco para casamentos

 

Quinta do Hespanhol - espaco para casamentos

 

Como é o vosso processo de trabalho, como criam uma ligação aos vossos clientes?

O nosso processo não tem sido tão pessoal como gostaríamos, e para a nova estação queremos organizar as visitas de uma forma mais apelativa: uma primeira visita para conhecer o espaço e os serviços, que é mais impessoal e na companhia de outros clientes, que servirá de filtro para a segunda visita, igualmente colectiva e provavelmente acompanhada pelos pais, e que inclui prova de degustação.

A terceira visita será para a mostra da decoração e aqui a atenção é já mais dedicada, conseguimos conhecer melhor os casais e conversar demoradamente de forma a conhecê-los e perceber o seu estilo, o que os inspira e quais as expectativas que têm para o grande dia.

Recomendamos uma quarta visita cerca de três meses antes do evento e uma reunião para percebermos o progresso da organização do casamento. A quinta visita ocorre um mês antes, para fecharmos todos os pormenores da organização do dia. A sexta visita deverá ser na semana anterior, para depositar todo o estacionário e elementos soltos (seating plan, menus, sinalética, lembranças, peças especiais, etc.).

Fechamos o ciclo com a sétima visita, a melhor de todas: o grande dia!

Este é o cenário ideal, mas é claro que nem todos os casais têm esta disponibilidade, por isso, fazendo as visitas indispensáveis, e reuniões via Skype com os nossos casais que vivem fora do país, organizamos tudo!

 

Qual é a melhor parte de organizar e decorar um casamento? E o mais desafiante e difícil?

A melhor parte é, sem dúvida, quando passamos do papel para realidade, a montagem e depois o resultado final quando corre como idealizámos, é algo extremamente gratificante. O grande desafio é a falta de orçamento para decoração, por parte de alguns dos nossos casais que têm ideias com as quais nos identificamos e que queremos mesmo por em prática- é uma ginástica difícil.

 

Qual foi o casamento em que mais gostaram de trabalhar? Porquê?

Isso é tão difícil de escolher! Todos os anos conhecemos casais que nos inspiram e que nos marcam. O melhor que posso dizer é que todos eles depositam totalmente a sua confiança em nós, dando-nos liberdade criativa, desafiando-nos a criar coisas novas, e simplesmente relaxam e aproveitam todas as partes boas deste processo!

 

Quinta do Hespanhol - espaco para casamentos

 

Quinta do Hespanhol - espaco para casamentos

 

Quinta do Hespanhol - espaco para casamentos

 

Escolham uma imagem favorita do seu portfolio e contem-nos porquê:

Mais uma pergunta difícil… Há certas imagens que ficam guardadas na memória, muitas vezes porque foi uma estreia (de um novo estilo, de uma nova área, etc..), porque são zonas familiares (como as do viveiro), porque é a nossa equipa, ou pelas emoções que transparecem. No dia, com a correria das montagens, apenas a Silvia (a nossa coordenadora do dia) acompanha os noivos. Quando recebemos as reportagens fotográficas, mesmo com as belas imagens das decorações, as que nos marca mais  são as que captam o “carrocel” de emoções que os noivos atravessaram nesse dia.

 

Quinta do Hespanhol - espaco para casamentos

 

 

Contactem a Quinta do Hespanhol através da sua ficha de fornecedor. Espreitem a galeria, feita de belas imagens, e contactem o Miguel Fernandes Thomaz directamente através do formulário: é só preencher com os vossos dados e mensagem, e na volta do correio, terão uma resposta simpática.

 

Acompanhem estas nossas conversas longas com fornecedores seleccionados Simplesmente Branco, sempre à quarta-feira!

 

Susana Pinto

Casamento na Quinta do Hespanhol: Joana + Hendrik, um dia cheio de amor

Hoje trazemos um casamento na Quinta do Hespanhol, fotografado pelo João Pedro Correia, que assina como João Makes Photos.

É o doce dia da Joana + Hendrik e a sua trupe de amigos e família internacionais, que começou na bonita Igreja da Memória, na Ajuda, e seguiu, em festa animada com dedo da Jukebox e até de madrugada, para a Quinta do Hespanhol. Com eles estiveram ainda a dupla Fullcut e a Flor de Laranjeira.

Fizémos uma selecção de imagens longa, porque este dia merece o vosso tempo.

Bom fim-de-semana!

 

 

 

 

 

 

 

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Para dizer sim, no nosso caso, são precisos 3 idiomas. Talvez por isso a imaginação não tenha ido muito além do essencial: que por um dia não houvesse distância entre as nossas pessoas.

De resto, houve sobretudo contemplação e uma imensa alegria por tudo o que somámos e nos levou até esse momento.

 

 

 

 

 

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Para dizer sim, no nosso caso, são precisos 3 idiomas. Talvez por isso a imaginação não tenha ido muito além do essencial: que por um dia não houvesse distância entre as nossas pessoas.

De resto, houve sobretudo contemplação e uma imensa alegria por tudo o que somámos e nos levou até esse momento.

 

 

 

 

 

 

 

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Depois de 4 anos entre Hamburgo, Lisboa e Colónia, do adeus a cidades, países, carreiras, família e amigos, o casamento foi mais um motivo de felicidade do que de ansiedade. Por outro lado, devo dizer que não estava preparada para fazer uso quase diário da palavra “fornecedores”. Achei que era um exclusivo do retalho.

 

 

 

 

 

 

 

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Na primeira ida à Quinta do Hespanhol. Aliás, foi tão óbvio que era o nosso sítio, que decidimos fazer a festa no ano seguinte, face à impossibilidade de calendário da quinta em 2017. Sim, foi nesse momento que descobrimos que as pessoas organizam casamentos com um ano (às vezes mais) de antecedência.

 

 

 

 

 

Casamento na Quinta do Hespanhol-fotografia de casamento Joao Makes Photos

 

 

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

Foi sobretudo fiel ao que somos. Não houve um plano exacto de início nem ideias rígidas, fomos tomando as decisões ao longo do tempo, somando detalhe a detalhe. O facto de vivermos na Alemanha e irmos casar em Portugal ajudou a relativizar, não seria possível controlar tudo à distância nem tomar decisões com a mesma segurança ou rapidez. Ainda assim, quase tudo foi idealizado por nós e, mesmo nos serviços que a Quinta do Hespanhol presta, estivemos 100% envolvidos. A Ana e a sua equipa foram incansáveis e perceberam-nos desde o primeiro momento. Contámos também com a família e os amigos: no coro da Igreja, na impressão e organização dos menus, seating plan e missais, que desenhei, ou até a contar cabeças num autocarro que levou os estrangeiros da Igreja até à festa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Que quem viesse de longe também se sentisse em casa. Conhecemo-nos em Portugal, não poderíamos casar noutro lugar. Mas também somos Alemanha, e todos os outros sítios onde já passámos e fizemos amigos. Queríamos que isso estivesse presente na cerimónia, na festa e no espírito. O protocolo foi perdendo importância ao longo do processo, até ter quase nenhuma.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

Escolher os detalhes da decoração foi provavelmente o mais fácil. Funcionou um bocadinho como em nossa casa, partilhamos o sentido estético, não há grande discussão. Não sei se será estranho, mas também foi uma questão de dias até termos fato ou vestido. O mais difícil foi ver o tempo passar tão depressa no dia do casamento, não o poder esticar para conseguir retribuir devidamente todo o amor que recebemos naquele dia. E comer os doces.

 

 

 

 

 

Casamento na Quinta do Hespanhol-fotografia de casamento Joao Makes Photos

 

 

Casamento na Quinta do Hespanhol-fotografia de casamento Joao Makes Photos

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

Não será exagero dizer que vivemos esse dia no pico, sem descanso.

Mas a memória da entrada na Igreja ao som da minha irmã e das nossas amigas que cantaram no coro continua a emocionar-nos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E o pico de diversão?

Talvez o momento em que os portugueses descobriram que o tema “Joana”, de Marco Paulo, é afinal uma adaptação do original alemão de Roland Kaiser. E a prestação da Avó Ana na pista de dança, de bengala, às 4 da manhã.

 

 

 

 

Casamento na Quinta do Hespanhol-fotografia de casamento Joao Makes Photos

 

 

 

 

Casamento na Quinta do Hespanhol-fotografia de casamento Joao Makes Photos

 

 

 

 

 

Um pormenor especial…

O concerto ao fim da tarde, antes do jantar.

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

O nosso dia foi tão incrível que, sempre que me lembro do que nos esquecemos ou do que poderia ter corrido melhor, penso que não mudava nada, sob pena de não ser o que foi.

 

 

 

 

 

 

 

 

Casamento na Quinta do Hespanhol-fotografia de casamento Joao Makes Photos

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Deleguem o que seja de extrema importância no dia e, acima de tudo, tomem um bom pequeno almoço!

 

Casamento na Quinta do Hespanhol-fotografia de casamento Joao Makes Photos

 

 

 

 

 

 

Casamento na Quinta do Hespanhol-fotografia de casamento Joao Makes Photos

 

 

 

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: Save The Date (ilustração da Mariana, a Miserável);

menus, seating plan e missais: desenhados pela noiva;

espaço, decoração, catering e bolo dos noivos: Quinta do Hespanhol;

fato do noivo e acessórios: Tiger of Sweden e Mrs Bow Tie;

vestido de noiva e sapatos: vestido Laure de Sagazan e sapatos Atelier Fátima Alves;

maquilhagem: Maria Casanova Neves;

cabelos: Good Haird Day by Lília Costa;

bouquet de noiva: Flor de Laranjeira;

ofertas aos convidados: Dreambox Photobooth;

fotografia: João Makes Photos;

vídeo: Fullcut;

luzes, som e Dj: Jukebox.

 

Susana Pinto

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol: Daniela + Ricardo

Hoje trazemos um casamento boho chic na Quinta do Hespanhol. E não é só um casamento, é mesmo uma festaça non stop a durar 17h!
Leram bem – este é o dia da Daniela + Ricardo, equipados de All Star e muito estilo, família e amigos presentes e uma celebração cheia de amor e uma felicidade contagiante, eléctrica e palpável.

O cenário é a centenária e sempre bonita Quinta do Hespanhol, que tomou as rédeas do evento – e muito bem! O vestido da Daniela, leve e perfeito para dançar e para acompanhar os seus confortáveis All Star, bem ao estilo boho chic que procurava, é da Vestidus, e os convites divertidos com as raspadinhas, têm assinatura da Amor à Portuguesa.

As fotografia belíssimas são da Fotolux, que, sem hesitar, acomodou o meu pedido de publicação.

Fechamos esta semana de festividades em grande – este casamento é a nossa cara, porque é a cara da Daniela + Ricardo. Que bonito que tudo isto é!

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Quando a resposta foi sim, imaginámos um dia descontraído, com muita diversão e muita natureza. Queríamos combinar um estilo country com boho chic, a simplicidade foi sempre o que tivemos em mente. Queríamos um ambiente claro, no meio da natureza, e tudo inspirado nos verdes, bejes e brancos. Quisemos fugir do tradicional e desde que começámos a falar em casar, sempre sonhámos casar de All Stars e estarmos confortáveis o dia todo, tal como os nossos convidados que aderiram aos All Star e ténis. Mas, acima de tudo, encarámos o dia do casamento como uma festa e celebração do nosso amor, com todos os amigos e família que fazem parte da nossa vida e desse amor.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Foi tudo muito calmo, decidimos planear tudo com 2 anos de avanço porque queríamos dar atenção a todos os detalhes, sem pressas, para termos tempo para pesquisar e escolhermos todos os nossos fornecedores. E não podia ter corrido melhor, tivemos os melhores connosco.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Nunca houve essa questão, sempre estivemos em sintonia em relação aos detalhes, decoração e pormenores. Sempre tivemos a certeza do que pretendíamos.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

O resultado foi mais do que fiel, todos os envolvidos captaram a nossa essência de forma surreal, tivemos imenso apoio de todos os nossos fornecedores com quem criámos ligações muito fortes e nos apoiaram imenso, fazendo-nos sentir seguros nas nossas escolhas, nunca tivemos receio ou incerteza sobre o profissionalismo e talento de todos. A Quinta do Hespanhol organizou tudo: decoração, catering, animadoras, babysiters, largada de balões e a conservadora. A Fotolux foi a nossa primeira escolha antes sequer termos a quinta ou tudo o resto, é incrível como traduzem fotos em histórias, a Pigmento Makeup, desde o primeiro dia e entre provas, esteve sempre disponível e, com um talento enorme, maquilhou-me e a todas as madrinhas, a tempo e horas, sem atrasos e de forma formidável, a Kombimania a quem requisitámos as duas carrinhas, uma verde para a noiva e madrinhas, e uma bege para o noivo e os padrinhos, e foram sempre muito prestáveis. A Manubela Cabeleireiros, mais precisamente a Bela, que tratou do meu cabelo, foi formidável, adicionou um toque à minha coroa como surpresa e não podia ter resultado melhor.

A banda Exilibris que animou a festa com imensa animação para além da música, a banda da cerimónia, músicos extraordinários. Como tenho o previlégio de ter dois primos com vozes maravilhosas que deram voz a nossa cerimónia e fizeram um concerto misturado com a cerimónia e animaram algo que normalmente não passa de um contrato, deram alma e vida aquele momento. A Vestidus que tem uma linha boho linda da Rembo Styling. A Amor à Portuguesa, que fez todo o design e impressão dos nossos convites com raspadinha, e menus que escolhemos com papel de sementes para os convidados poderem reaproveitar e plantarem como recordação do nosso casamento. A Iriscoimbra, que tratou dos leques e canetas recicláveis, tal como a placa para as meninas das flores, os sacos de presente para as madrinhas e os óculos personalizados tanto para nós, noivos, como para as madrinhas e padrinhos.

Enfim, estivemos com uma equipa de elite, como nós pessoalmente os chamámos.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Ter a Fotolux a registar o dia, aliás nós mudávamos de dia, se eles não tivessem disponibilidade só para os termos do nosso lado. O espaço e a comida, pois queríamos algo muito específico e a Quinta do Hespanhol tinha tudo o que queríamos para festejar com os amigos ea  família. E, claro, estarmos com todos os que amamos. Tudo foi importante para nós!

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

Não consideramos que nada tenha sido difícil, pois contámos com os melhores profissionais.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

O pico foi o dia todo, não houve momentos parados foi um casamento longo, começou às 14h e terminou às 7h30 da manhã seguinte, sempre com muita diversão, amigos e familiares dormiram na quinta tal como nós e juntámo-nos após 1h30 de sono, para tomarmos o pequeno-almoço. Mas, a nível emocional, foi sem dúvida o vídeo dos nossos votos, quisemos mais uma vez fugir da tradição e contámos com todo o apoio e arte da Fotolux, Pedimos para fazermos um vídeo dos votos de cada um em separado, num local à nossa escolha, e só nos reunimos no fim. A Fotolux tratou de toda a edição, e foi sem dúvida emocionante esperar até ao dia para vermos o que ambos tínhamos para dizer em forma de arte. Foi sem dúvida muito emocional para nós e para os convidados, uma choradeira, mas de muita alegria.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

E o pico de diversão?

Dia e noite, não parámos a festa até à madrugada, sempre com bar aberto e música !

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Um pormenor especial…

As nossas madrinhas e padrinhos juntaram-se e dançaram para nós, interrompendo a refeiçãoe surpreendendo toda a gente. Foi genial e muito engraçado ver todos a dançarem “Single Ladies” da Beyonce, colheres de pau no ar. Foi mesmo muito especial esse momento, pois não estávamos a espera.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Nada, não mudávamos nada, nem acrescentávamos nem tirávamos, foi um dia muito feliz das nossas vidas e dos nossos familiares e amigos, ainda hoje falamos do casamento com muita gargalhada e emoção. Foi simplesmente perfeito do início ao fim.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Casamento boho chic na Quinta do Hespanhol, com fotografia de Fotolux.

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Sejam fiéis aos vossos sentimentos, lutem sempre para concretizarem a vossa ideia, tirem inspirações do Pinterest e apresentem aos vossos fornecedores, e, acima de tudo, pensem que o mais importante é terem os vossos convosco e divertirem-se! Mesmo que algum pormenor não seja exatamente como queriam, ninguém vai reparar, pois só vocês sabem o que tinham planeado. Confiem nos profissionais, isso é muito importante para poderem usufruir de tudo sem preocupações, a única preocupação que devem ter no dia é vivê-lo, porque passa rápido e é para o resto das vossas vidas.

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: Amor à Portuguesa;

espaço, decoração, catering e bolo dos noivos: Quinta do Hespanhol;

fato do noivo e acessórios: Elizabeth Videira, Armani e Converse All Star;

vestido de noiva e sapatos: Vestidus e Converse All Star;

maquilhagem: Rute Calçada – Pigmento Makeup;

cabelos: Manubela Cabeleireiro;

bouquet de noiva: A.L. Flores;

ofertas aos convidados: Iris Coimbra;

fotografia e vídeo: Fotolux;

luzes, som e Dj: Ex-Libris, Dj Fábio, Dj Bootyshaker, Soundsuite (banda da cerimónia).

 

Susana Pinto

Um casamento rústico e elegante: Joana + André, na Quinta do Hespanhol

Fechamos a semana com um casamento rústico e elegante, acabadinho de celebrar! É a festa da Joana + André, que aconteceu no fim de Julho, na bonita Quinta do Hespanhol. As belíssimas fotografias são da dupla D10Photo, ambos fornecedores escolhidos aqui na nossa lista seleccionada.

A festa destes noivos queria-se rija, como os próprios a descrevem e só podemos imaginar o fantástico dia que foi: a energia dos sorrisos, desde as primeiras imagens até mesmo ao fim, é contagiante!

Fiquem com a estória do mais bonitos dos dias, contada pela Joana + André. É tudo tão bonito…!

Bom fim-de-semana.

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

O nosso dia só começou a ser planeado e idealizado cerca de dois meses depois do “sim”. Creio que estávamos ainda a viver o facto de estarmos noivos, que é um “estado” que adorámos, principalmente a Joana, apanhada totalmente de surpresa!

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Retrato fine art do noivo, a preto e branco, por D10Photo

 

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Sentíamo-nos totalmente preparados para o casamento, ambos não tínhamos dúvidas que era um passo que nos faria muito felizes e que fazia sentido celebrar o amor e a união que ja tínhamos. Os preparativos trouxeram alguns nervos, muitos serões, muitas gargalhadas, momentos inesquecíveis e, não vou mentir, alguns arrufos.

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Já depois de termos escolhido o espaço onde se iria realizar a festa, fomos ao showroom de decoração onde escolhemos o tema e vimos vários “corners” de diferentes decorações, todo o espaço arranjado e preparado para festa e ficámos completamente deslumbrados. Com o verdadeiro sentimento “é mesmo isto”.

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Bouquet de noiva orgânico com ramos de oliveira, peónias e rosas de jardim

 

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

No dia seguinte ao casamento comentámos precisamente que o nosso dia superou, em tudo, quaisquer expectativas que tivéssemos. Correu tudo ainda melhor do que idealizámos.

As preciosas madrinhas e padrinhos dos dois ajudaram nas atividades e na logística das mesmas e as mães na bricolage dos presentes para os convidados, missais, cones de flores e afins.

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

Fundamental era ser o que usualmente chamamos uma “festa rija”, os dois adoramos dançar, comer, beber, conversar sem pressa… E, principalmente, dividir o que nos une com a nossa família e amigos mais próximos. Queríamos uma festa onde nós e os convidados nos sentíssemos em casa e foi realmente isso que aconteceu.

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

Encontrar um espaço que preenchesse alguns requisitos que já tínhamos idealizado e adequar com critérios como disponibilidade e preço e também a escolha dos fotógrafos, mas quando encontrámos a Quinta do Hespanhol e a D10PHOTO foi uma escolha fácil que também nos facilitou a organização e, neste caso, a captura perfeita de tudo o que vivemos e organizámos.

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

Não conseguimos eleger um, a entrada na igreja é sempre um momento inesquecível e super intenso, envolve muitas emoções e um pai, uma filha e um genro com os nervos à flor da pele. Um misto de ansiedade, expectativa e felicidade que culmina com algumas palavras ao ouvido um do outro que guardamos para sempre.

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico  e elegante na Quinta do Espanhol

 

E o pico de diversão?

Podemos dizer que tivemos muitos momentos divertidos mas, por unanimidade, o pico foi o “jogo do sapato” elaborado pela madrinha e pelo padrinho do André, as perguntas e a sincronização com que respondemos, segundo os convidados, foi hilariante.

 

Retrato dos noivos fine art a preto e branco, por D10Photo

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Retrato dos noivos, por D10Photo

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Retrato fine art dos noivos a preto e branco, por D10Photo

 

Um pormenor especial…

Contratámos uma bailarina profissional para nos coreografar a dança de abertura que foi uma compilação de bachata e merengue, adorámos os ensaios e a construção do que foi um grande momento do nosso dia. Não podemos deixar de mencionar a emoção e surpresa ao ouvir o discurso e as músicas cantadas ao vivo por um grande e talentoso amigo, também.

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

Não sabemos se não criámos grandes expectativas ou se tivemos tão atarefados a dividir-nos entre os nossos empregos e a organização de tudo que não nos deixou tempo para imaginar realmente como seria, que estamos até hoje com o sentimento “foi simplesmente fabuloso”.

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Casamento rústico e elegante na Quinta do Hespanhol

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Embora seja clichê, é mesmo verdade, tentem aproveitar cada momento desde o noivado, o 1º dia dos preparativos e escolhas até cada minuto do dia tão sonhado. Embora queiramos sempre agradar a toda a gente, devemos pensar nisso apenas até ao dia anterior ao casamento. No dia do casamento é importante desfrutarmos de todos os momentos e não pensar na logística, nos pormenores, nos horários. Uma organização minuciosa e as tarefas delegadas previamente, tornam o dia muito mais simples e os noivos vão estar muito tranquilos para viverem a festa.

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

local, catering, bolo e decoração: Quinta do Hespanhol;

fato do noivo e acessórios: Hugo Boss

vestido de noiva e sapatos: Pronovias; Ourivesaria Rolim;

maquilhagem: Miguel Stapleton;

cabelos: Esmeralda Roque;

bouquet: Flow by Marta Ivens Ferraz;

fotografia: D10PHOTO;

luzes, som e Dj: Gonçalo Ferro.

 

Save