Created with Sketch.
Ana Apolinario

Viajo, logo existo: lua-de-mel nas Seychelles

Façam as malas, porque hoje vamos viajar! Pelas palavras, é certo, e também pelas imagens e memórias maravilhosas que guardo desde que descobri um dos Paraísos na Terra. Faz já alguns anos (nem digo quantos…), mas é uma das mais bonitas viagens que levo desta vida: a minha lua-de-mel nas Seychelles. Um destino perfeito para casais acabadinhos de casar!

 

E será assim todos os meses. Bom, não a partilha da minha experiência – lua-de-mel só tive uma… – mas sim a partilha de diferentes sugestões de lua-de-mel. «Viajo, logo existo» será o nosso ponto de encontro mensal para rumarmos aos destinos mais espantosos de lua-de-mel, de forma a poderem planear, escolher e encontrar o local perfeito, que seja “a vossa cara”, para a vossa primeira viagem enquanto marido e mulher.

 

La Digue, Seychelles

Seychelles: onde quero voltar

Dizem que não devemos voltar onde fomos felizes, mas abomino completamente esta ideia. Já voltei muitas vezes onde fui feliz e voltaria de novo. E aqui, às Seychelles, quero muito voltar. Até porque tivemos uma contrariedade pessoal (fica para a história, são sempre memórias a guardar) que nos impediu de passear mais, ver mais e fazer muita coisa que tínhamos planeado.

 

Foi, apesar disso, uma lua-de-mel nas Seychelles fantástica e uma experiência única, sobretudo para um casalinho super apaixonado, acabadinho de casar, cansado da festa (mas muito, muito feliz com ela!) e com uma paixão enorme por viajar.

 

Fishersman's Cove Seychelles

 

Ficámos em Mahé, uma das 16 das 115 ilhas do arquipélago das Seycheles com ocupação humana e onde fica Vitória, a capital (a mais pequena capital do Mundo). Assim que chegámos, o impacto foi brutal. A beleza da paisagem é indescritível e logo desde o caminho (curto) do aeroporto ao resort ficámos maravilhados.

 

Ficamos alojados em Bel Ombre, no Le Meridien Fisherman’s Cove, que acabei de descobrir que já não pertence ao famoso grupo hoteleiro e chama-se agora apenas Fisherman’s Cove Resort (o Google diz que fechou permanentemente, mas não me parece, só mudou de “donos”).

 

Digo-vos: era fabuloso. E digo “era”, porque (como já disse) a viagem já aconteceu há alguns uns aninhos e não posso garantir que “ainda é”. Mas garanto-vos que tive uma torrente enorme de felicidade assim que lá entrei, que mal me deixou respirar.

 

Fisherman s Cove Resort mahé seychelles

Fisherman s Cove Resort mahé seychelles

Fisherman s Cove Resort mahé seychelles Fisherman s Cove Resort mahé seychelles

O quarto era um Deluxe Ocean View Room, térreo, com varanda direta para a piscina e para o mar. Apaixonámo-nos logo pela vista e pela cabine de duche e a banheira de hidromassagens que ficavam a meio do quarto. Eventualmente, hoje já não teríamos a mesma reação a esta peculiaridade, mas na altura foi uma novidade. Até porque como jovens que éramos, ainda tínhamos muito para conhecer…

 

Fisherman s Cove Resort mahé seychelles

Fisherman s Cove Resort mahé seychelles Fisherman s Cove Resort mahé seychelles

The Fisherman s Cove Resort mahe seychelles

Fisherman s Cove Resort mahé seychelles

Uma das mais-valias do hotel é a sua piscina infinita. Linda, sem dúvida (até para as fotografias), mas nunca entendi muito bem o fascínio pelas piscinas à beira-mar….é claro que também desfrutei dela, mas confesso que me fazia uma confusão ver hóspedes o dia inteiro nas espreguiçadeiras, com uma praia paradisíaca à frente, com areia e um mar cristalino a perder de vista, quase só para nós. Escusado será dizer que eu… adoro praia!

 

fisherman's Cove Resort beach bel ombre

fisherman's Cove Resort beach bel ombre fisherman's Cove Resort beach bel ombre

A verdade é que nós adorámos o hotel: desde o espaço em si, até à enorme simpatia do atendimento, aos programas que nos ofereciam e a comida. Mas o que não falta em Mahé é oferta hoteleira por onde optar. Vejam aqui muitas outrras opções de alojamento em Mahé.

Visitar Mahé

Já vos disse que adoro viajar, certo? Por mim, andava sempre de malas feitas. Adoro, sobretudo, conhecer realidades diferentes, por isso na nossa lua-de-mel nas Seychelles não nos limitamos apenas a desfrutar do resort e dos programas turísticos que nos venderam, mas alugámos um jipe e fizemo-nos à estrada!

 

E que aventura! Antes de mais, foi (muito!) desafiante conduzir pela esquerda (eles têm uma enorme herança inglesa – e também francesa, aliás, falam mais o francês do que o inglês), sobretudo pelas subidas íngremes com estradas sem barreiras laterais (e uma visão de precipício aterradora… eu tenho vertigens!), já para não falar na “descontração” com que os habitantes conduzem (juro que quase tinha um ataque cardíaco cada vez que nos cruzávamos com um autocarro). Mas foi fantástico! Permitiu-nos conhecer toda a ilha – que, apesar de ser a maior ilha das Seychelles, não é muito grande, tem uma extensão de 152 km² –, descobrindo o “ambiente selvagem” do seu interior montanhoso.

 

Para quem gosta de explorar, aconselho vivamente.

 

Seychelles Mahé interior montanhoso

O que fazer em Mahé

Quer seja no início da lua-de-mel nas Seychelles, quer no fim, conhecer a capital Vitória é fundamental. Com menos de 30 mil habitantes, é uma cidade pequena, mas com trânsito e movimento de pessoas na rua, embora envolvida num ambiente relaxado. E seguro! De tal forma, que depressa me apercebi que não valia a pena fechar a capota do jipe….

 

Sente-se que é uma cidade organizada e encantadora. Posso dizer, que me senti numa cidade feliz. Aliás, senti isso enquanto passeava em Mahé e pelas ilhas que visitamos: pareceu-me estar num verdadeiro paraíso, com uma população alegre, que desfruta de uma enorme riqueza natural (nunca me vou esquecer da imagem de um miúdo que nos apareceu do nada, com uma enorme quantidade enorme de peixe fresco às costas!)

 

Vitoria Mahé Seychelles Vitoria Mahé Seychelles Vitoria Mahé Seychelles Vitoria Mahé Seychelles

 

A visita ao mercado central é obrigatória, onde é possível observar o bulício de vendedores e compradores (bem como uns pássaros que pareciam garças e que se passeavam descontraidamente por ali, como se estivessem em casa) e meter conversa com os locais, como eu fiz. A verdade é que o que mais adoro em viajar é conhecer as vivências, as terras, os sabores e as gentes, muito mais do que os monumentos ou museus (que também gosto de ver). E perco muito tempo com essa descoberta… Tanto que, a juntar ao tal “percalço”, ficou muito por fazer e visitar em Mahé (e não só).

 

Vejam tudo o que se pode fazer em Mahé.

 

Mercado em Vitória, Mahé, Seychelles Mercado em Vitória, Mahé, Seychelles

Bom, Mahé foi a nossa “base”, mas dali fomos conhecer duas ilhas de sonho: Praslin e La Digue. A nossa experiência, já a seguir!

A viagem

Para chegar à ilha de Praslin a partir de Mahé podemos ir de avião – 20 minutos de voo com a Air Seychelles, a companhia aérea nacional -, mas nós fomos de barco, mais precisamente de catamarã. Podia dizer que a viagem (de cerca de uma hora) foi linda, mas honestamente foi um verdadeiro pesadelo! O que começou com grande entusiasmo, acabou em modo “cara pálida”… pois, é verdade, enjoei e não foi pouco… e eu não costumo enjoar, fica o aviso (os percalços normais de uma viagem, ficou registado em vídeo e ainda hoje é uma história da qual nos rimos imenso)

 

Catamarã Mahé Praslin Seychelles Catamarã Mahé Praslin Seychelles

Praslin: onde fica o Jardim do Éden

Eis que chegámos a Praslin, a segunda maior ilha de Seychelles. E sim, há uma lenda que diz que o paraíso original de Adão e Eva era em Praslin, mais precisamente na reserva Vallee de Mai, que hoje é Património Mundial da Unesco.

 

Se não é o paraíso original, podia ser, pois é uma reserva pré-histórica linda e muito bem conservada, onde estão também as maiores palmeiras do mundo e os gigantes cocos-do-mar («coco de mer»), fruto típico local. Ali fomos guiados pelos trilhos de uma caminhada surreal, que não podem deixar de fazer na vossa viagem de lua-de-mel às Seychelles. Por seu turno, e com sorte (que não tivemos), é possível ver no céu a famosa “raposa voadora”, na verdade um morcego da fruta peludo chamado roussette, que não faz mal a ninguém.

 

Praslin, Vallee de Mai, Seychelles

Praslin, Vallee de Mai, Seychelles

Praslin, Vallee de Mai, Seychelles

Para além do Jardim do Éden, em Praslin estão algumas das praias mais fotografadas do mundo, como Anse Lazio Beach, onde muita gente pratica snorkel. Nós não o fizemos, só apanhamos sol e demos uns belos mergulhos!

 

Praslin, Seychelles Praslin, Seychelles Praslin, Seychelles

Praslin é uma das ilhas mais bonitas à face da Terra, e apesar de nós não termos lá pernoitado, é consensual que merce a permanência de dois ou três dias. Vejam aqui a oferta hoteleira de Praslin para a vossa lua-de-mel nas Seychelles.

La Digue

A partir de Praslin é possível visitar inúmeras ilhas, apanhando o barco. E foi o que fizemos: de Praslin seguimos para La Digue. E esta viagem, sim, foi agradável, num veleiro, a sentir a brisa do mar!  E deixem-me confessar… esta ilha é de sonho! É uma visita mais do que obrigatória em qualquer lua-de-mel nas Seychelles!

 

Veleiro, la digue, seychelles

La Digue, Seychelles La Digue, Seychelles La Digue, Seychelles

As imagens valem por si, mas as praias de La Digue são um verdadeiro postal do paraíso. Absolutamente incríveis!

 

Impossível não adorar uma das praias mais belas do mundo, a Anse Source d’Argentcom os seus rochedos de granito, palmeiras em areias brancas e recifes de corais. A praia é linda a todas as horas, mas ao por-do-sol é magnífica. Há também a Petite Anse, a Anse Cocos... mas confesso que a minha preferência vai para uma praia que não faço ideia de como se chama e que descobrimos quando “fugimos” do grupo e decidimos explorar. Pequena, mas absolutamente deslumbrante!

Claro que a experiência também contribuiu para este favoritismo. Subitamente começou a chover e foi indescritível o momento em que entrei dentro de água e, ali, sem ninguém à volta, esperei que terminasse (La Digue é uma zona intertropical e não muito longe do Equador, pelo que é frequente chover ao final do dia, embora as temperaturas permaneçam acima dos 30 graus). Uma bênção da natureza!

 

La Digue, Seychelles

La Digue, Seychelles

La Digue, Seychelles

La Digue, Seychelles

Em La Digue foi também onde vi, pela primeira vez, tartarugas gigantes. Não as vi no seu habitat natural, estavam dentro de uma cerca, mas nesta ilha vivem também em estado selvagem, tal como em  Curieuse Island, essa, sim, conhecida como a ilha de tartarugas gigantes, com aproximadamente 3 km2 e onde vivem mais de 100 destes adoráveis animais (espécie única no mundo). Mas adorei!

 

Tartaruga Gigante La Digue, Seychelles Tartaruga Gigante La Digue, Seychelles

Nós também não pernoitamos em La Digue, mas existem inúmeras ofertas hoteleiras a considerar.

Faq lua-de-mel nas Seychelles

Eu podia continuar a escrever sobre a minha experiência de lua-de-mel nas Seychelles, nomeadamente sobre a comida deliciosa que degustei, as fazendas que visitamos, os trilhos de vegetação que fizemos, as praias desertas que encontramos nos nossos passeios, os restaurantes, a discoteca, as pessoas… -, mas, a verdade, é que nunca mais terminava! E acredito que tenham muito que fazer, mais não seja pesquisar sobre este arquipélago fabuloso, para começarem a organizar a vossa viagem. Se é o caso, comecem por visitar o site oficial do turismo das Seychelles.

 

 

Seychelles Seychelles

Entretanto, no que puder ajudar, aqui ficam as respostas a 5 Faqs úteis sobre as Seychelles:

 

1. Qual é a melhor altura para viajar em lua-de-mel nas Seychelles?

Nós fomos em julho. De vez em quando chovia e fazia algum vento, mas era tranquilo, pois as temperaturas não baixavam! De qualquer forma, as águas calmas e tranquilas das Seychelles convidam a banhos e mergulhos durante o ano inteiro, já que o clima é sempre quente, com temperaturas entre os 24 e os 32 graus. É, no entanto, recomendável que evitem a época das monções, que costuma ocorrer de novembro a abril, sendo que, naturalmente, os meses de abril a novembro são considerados alta temporada.

 

2. É uma viagem muito cara?

Sim, é um destino relativamente caro. Mas vale cada tostão.

 

3. Onde ficam as Seychelles?

As 115 ilhas e ilhotas do arquipélago de Seychelles estão localizadas no Oceano Índico, próximas do Continente Africano, a nordeste de Madagáscar.

 

4. Vale a pena para casais em lua-de-mel?

Especialmente para casais, sim. É perfeita para uma lua-de-mel. Primeiro porque o destino em si esbanja romance, correspondendo ao imaginário das ilhas paradisíacas com praias perfeitas só para dois, num lugar pitoresco, bem longe de casa. Depois pela excelente oferta hoteleira, com divinos programas românticos.

 

5. Quanto tempo se deve ficar nas Seychelles?

O mínimo, uma semana. Mas com tanto para ver, o ideal seriam entre 9 a 12 dias.

 

Seychelles

 

Espero que tenham gostado desta viagem pela minha experiência de lua-de-mel nas Seychelles. Partilhem a vossa ou os vossos sonhos, e se tiverem dúvidas, não hesitem em deixá-las nos comentários ou escreverem-nos um email.

 

Boa viagem!

Susana Pinto

Um safari na lua-de-mel: sugestões I Go Travel

A I Go Travel tem-nos feito muitas sugestões belíssimas para a viagem de lua-de-mel.

E mesmo com este contexto maluco, esta viagem de sonho merece ser planeada com tempo, de forma a explorar as várias alternativas e a combiná-las com as expectativas e sonhos dos noivos.

 

Hoje somamos mais uma bela sugestão: um safari de lua-de-mel, pelas paisagens africanas do Quénia, Tanzânia, Botswana, África do Sul e Namíbia.

 

O continente Africano é um tesouro, no que toca à natureza e reino animal e os vários projectos de conservação que fazem a gestão dos imensos parques naturais tornam possível vermos estes grandiosos animais ao vivo, no seu habitat natural, selvagens, imponentes e majestosos… se os documentários de vida animal fazem parte da nossa juventude e nos enchem de espanto ainda, a oportunidade de visitar estes locais será ainda mais incrível!

Regressarão do vosso safari de lua-de-mel cheios de histórias para contar e carregados de fotografias espantosas.

 

Safari de lua-de-mel, com a I go Travel Safari de lua-de-mel, com a I go Travel Safari de lua-de-mel, com a I go Travel Safari de lua-de-mel, com a I go Travel

A equipa I Go Travel garante que vão adorar os safaris nas savanas africanas, guiados em carros abertos que desbravam caminhos e surpreendem a vida selvagem presente na sua mais bela naturalidade. Sem dúvida, irão tirar muitas fotos com os Big 5 (leão, leopardo, elefante, búfalo e rinoceronte) para levar de recordação para casa.

As reservas naturais e privadas em África têm uma magnifica selecção de acomodações de luxo onde poderão pernoitar sob o mais incrível céu estrelado.

 

Entre elas, destacam-se:

Sanctuary Retreats (Botswana, Quénia, África do Sul, Tanzânia), com um portefólio de luxuosos safaris e navios de expedição que proporcionam uma experiência boutique, com autenticidade. Localizados em alguns dos spots mais impressionantes do mundo, cada propriedade é completamente individual no seu design e de acordo com a filosofia “Luxo, naturalmente”.

 

andBeyond (África do Sul, Namíbia, Botswana, Quénia), uma empresa pioneira nas viagens de experiência, oferece aos viajantes roteiros personalizados e luxuosos por África, que mostram a maravilhosa diversidade de paisagens, vida selvagem, cultura, história e bem-estar que este continente fantástico tem para oferecer.

 

Elewana Collection (Tanzânia e Quénia), uma coleção de dezasseis hotéis boutique e acampamentos, conhecida pelas suas acomodações exclusivas em locais icónicos do Quénia e da Tanzânia. Proporciona experiências de safari autênticas e memoráveis, oferecendo a mais alta qualidade de luxo e conforto. A hospitalidade calorosa e genuína da África Oriental são a assinatura deste operador, que presenteia os seus hóspedes com uma estadia luxuosa e personalizada. Todas as propriedades do Elewana Collection partilham o mesmo ethos – gestão de alta qualidade e serviço profissional, atenção aos detalhes, deliciosas criações culinárias, localizações privilegiadas, tamanho pequeno e intimista, com actividades de primeira classe inteligentemente combinadas com turismo de baixo impacto.

 

 

Já estão a suspirar? Deixo-vos algumas instruções adicionais para a preparação de uma viagem até estes destinos exóticos.

 

A Consulta do Viajante é fundamental, para se informarem sobre vacinas, riscos, e medidas preventivas a adoptar antes, durante e depois da viagem.

Não beber nada que não seja engarrafado e ter atenção ao gelo, não comer alimentos crus ou mal cozinhados são também as regras habituais, que devem ser aplicadas.

 

Quanto ao guarda-roupa, peças leves, confortáveis, de cores neutras e compridas – mangas e pernas, por causa da bicharada, e, claro, repelente em quantidade generosa.

Last but not least, e que temos vindo a insistir, a conselho da I Go Travel, um seguro de viagem.

 

E em contexto Covid-19, para viajar até ao Quénia, é necessário um teste negativo até 96h antes do embarque, para viajar até à África do Sul ou Namíbia, é necessário um teste negativo até 72h antes do embarque, para viajar até à Tanzânia não é necessário nenhum teste e o Botswana está com as suas fronteiras parcialmente abertas, sendo obrigatória a quarentena.

 

Ponham-se à conversa com a I Go Travel e desenhem o vosso safari de lua-de-mel à medida Será inesquecível!

Susana Pinto

Escapadinhas para uma lua-de-mel adiada

Neste ano de solavancos e imprevistos, é bem provável que alguns de vocês tenham posto a tão desejada viagem de lua-de-mel em suspenso até uma altura mais tranquila para retomar as grandes viagens.

 

Ora enquanto estamos neste compasso de espera, a I Go Travel sugere – e muito bem, um plano de escapadinhas de campo e praia. Uma bela ideia, não vos parece?

Se quiserem passear pelo campo, pelas serras, pelas lezírias, pelas praias ou por uma combinação de tudo isto, Portugal oferece de tudo um pouco e tem sítios muito especiais para vos receber.

 

Se são amantes da natureza e procuram sugestões de passeios ao ar livre,, todas as sugestões apontam para o norte de Portugal, mais especificamente para Ponte de Lima, com o fantástico Carmo’s Boutique Hotel. Intimista e elegante, este alojamento está estrategicamente localizado de forma a que possam partir à descoberta das tradições, do património cultural, da costa Atlântica, e da arquitectura da bela região do Porto e Norte de Portugal.

 

Carmo boutique Hotel Carmo boutique Hotel Carmo boutique Hotel

Rumamos a sul, e vamos até ao Alentejo, para a Herdade do Sobroso, nas margens do Alqueva. Rodeado da mais bonita paisagem alentejana e considerado um verdadeiro “retiro dos vinhos”, este alojamento tem tudo para proporcionar momentos inesquecíveis de prazer e descontracção.

Entre as diversas actividades, o safari fotográfico a dois vai permitir-vos descobrir a fauna e flora desta zona maravilhosa de Portugal. Se preferirem, um passeio a pé ou de bicicleta são também excelentes planos a dois para conhecer a herdade e contemplar as espetaculares paisagens alentejanas. E no Alentejo, come-se e bebe-se. Não percam a gastronomia tradicional e a renovada, das entradas até às sobremesas e partam à descoberta das novas propostas que têm aparecido neste território de que tanto gostamos.

 

Campo é muito bonito e tal, mas praia é que é a vossa cena?

Também temos sugestões: um fim-de-semana no Areias do Seixo, na zona oeste. Um lugar mágico a menos de uma hora de Lisboa, onde tudo foi escolhido de forma singular e com muito conforto. Aqui poderão desfrutar das coisas simples da vida, entre as dunas e a praia, e o aconchego de uma fogueira,.

 

Bem perto, em Santa Cruz, a I Go Travel sugere outro sítio fantástico para uma escapadinha a dois: Noah Surf Farm House, um lugar puro que celebra o mar. Criatividade, conforto, acolhimento e sustentabilidade são palavras de ordem num ambiente familiar e descontraído. É um lugar perfeito para escapar ao reboliço de todos os dias e partilhar momentos únicos e felizes. No restaurante da Noah Surf House cada prato é uma viagem que parte dos sabores mediterrânicos, passa pela Ásia e Médio-Oriente e regressa a Portugal: uma outra interpretação genial sloganvá para fora cá dentro“!

 

São indecisos e gostam mesmo de campo e praia? Também temos sugestões, claro!

Situado no coração do Parque Natural da Arrábida, o Hotel Casa Palmela fica na Quinta do Esteval, uma casa do século XVII. Serra da Arrábida de um lado, praias maravilhosas do outro, esta é uma combinação verdadeiramente ganhadora.

Sugerimos com entusiasmo um passeio pelo Sado para ver os golfinhos, meter a mão na massa e fazer pão de trigo no forno a lenha dos Moinhos Vivos ou simplesmente relaxar ao som das ondas do Portinho da Arrábida!

 

Hotel Casa Palmela Hotel Casa Palmela Praia de galapinhos

A I Go Travel tem ao vosso dispor os melhores alojamentos com as melhores ofertas para uma escapadinha romântica. O Natal está à porta, este pode ser um belo presente para a vossa cara metade ou até para os pais ou sogros, que bem merecem uns dias de descanso com vistas que enchem a alma.

Não deixem para a última da hora, com tempo encontramos as melhores ofertas e este ano devem ser ainda mais especiais!

 

Falem com a Andreia Augusto e ela vai planear-vos um fim-de-semana muito fantástico!

 

Susana Pinto

Os melhores destinos de Lua-de-mel para este inverno

Hoje deixamos aqui um conjunto muito apetecível de sugestões de destinos de lua-de-mel no inverno, com o dedo sabedor da I Go Travel.

 

Contornamos com segurança a presença da pandemia, escolhendo destinos seguros que estão de fronteiras abertas e pensamos na natureza, com sol, ar livre e muito mar – uma combinação perfeita para ir namorar, renovar as energias e regressar com tranquilidade a tempo das festas natalícias.

 

Maldivas

No topo da lista da I Go Travel para uma lua-de-mel perfeita, continuam a estar as Maldivas, com as suas águas cristalinas de um azul absolutamente incrível!

Estas ilhas paradisíacas reabriram ao turismo a 15 de Julho e são, neste momento, um dos destinos mais seguros para viajar. O arquipélago agiu rapidamente ao impor restrições e fechar fronteiras, por isso, foram reportados poucos casos.

 

Nestas praias de areia branca, fina, macia e a perder de vista, existem vários hotéis românticos (com uma política adult only), onde o clima de romance está por todo o lado e o staff se preocupa em proporcionar experiências inesquecíveis. Podem desfrutar de cenários paradisíacos, dentro e fora de água, e tudo convida ao mais puro relaxamento.

Entre as inúmeras actividades que poderão encontrar ao vosso dispôr, a I Go Travel destaca um inesquecível de jantar num restaurante debaixo de agua; um curso de iniciação ao mergulho; um voo de hidrovião sobre os atóis; o nascer do sol na praia ou um passeio a dois e jantar romântico numa ilha  deserta.

 

Costa Rica

A Costa Rica, na América Central, é um destino muito preparado para o turismo, bem servido de hotéis de charme e óptimos restaurantes.

Este país é sinónimo de natureza, ecologia e sustentabilidade, alimentação orgânica, slow living, vida selvagem e preservação do meio ambiente.

Claramente, é um destino para os amantes da natureza e da vida ao ar livre. Uma das actividades mais marcantes que poderão experimentar é assistir à desova das tartarugas marinhas no Parque Nacional Tortuguero, uma área de bosque tropical húmido caracterizada por canais, lagoas e rios, que vos irá deslumbrar com as paisagens maravilhosas.

 

Descubram os trilhos impressionantes nas montanhas e parques nacionais, cheios de recantos e cascatas, a pé ou em passeios de canoa. Explorem as várias ilhas da Costa Rica, ainda um segredo bem guardado e muito bem preservadas: a Isla del Caño, por exemplo, é perfeita para fazer snorkeling.

Passar uma lua-de-mel no inverno num paraíso tropical e natural como a Costa Rica é uma ideia de génio!

 

Lua-de-mel de inverno na Costa Rica, com a I Go Travel Lua-de-mel de inverno na Costa Rica, com a I Go Travel Lua-de-mel de inverno na Costa Rica, com a I Go Travel Lua-de-mel de inverno na Costa Rica, com a I Go Travel Lua-de-mel de inverno na Costa Rica, com a I Go Travel

Panamá

O Panamá não se reduz ao canal, chapéus e papéis com o mesmo nome, longe disso! Este país encantador tem praias de areia branca e águas cristalinas, florestas luxuriantes e tribos indígenas, uma agitadíssima vida nocturna na sua capital, e o seu território agrega também uma série de ilhas desertas. O Panamá tem tudo – e tem, sobretudo, autenticidade.

 

San Blas é um arquipélago do Panamá com mais de trezentas pequenas ilhas, todas banhadas pelo temperado mar do Caribe. Estar numa das ilhas de San Blas é equivalente a pousar numa ilha deserta, pelo menos na sua maioria, já que apenas algumas destas estão equipadas para o turismo, com estadia e restauração singelas.

Aproveitem para explorar o Casco Viejo, o centro histórico da Cidade do Panamá, com as suas casas baixinhas em estilo colonial ou ir a Bocas del Toro, um arquipélago na costa norte do Caribe, um dos melhores destinos de turismo ecológico, onde poderão explorar as praias desertas com os seus recifes de coral repletos de vida marinha.

 

 

Turquia

Istambul não só une a Europa com a Ásia, mas soma também estas duas culturas num só território. Ao percorrer esta cidade incrível e cosmopolita, onde tradição e modernidade caminham lado a lado, encontrarão este permanente diálogo nas suas ruas, bairros, templos, mesquitas e palácios. Avistar a cidade de Istambul desde a Torre de Gálata é simplesmente de tirar o fôlego e o pôr-do-sol sobre o Bósforo é uma experiência memorável.

 

Um dos cenários icónicos turcos é um passeio de balão de ar quente sobre as paisagens da Capadócia, quando amanhece. Cruzar  o Bósforo de barco, com vista para as duas faces de Istambul, ocidente e oriente, é igualmente mágico. E o que dizer da gastronomia, mediterrânica e oriental, com os seus sabores exóticos e perfumados…? Uma delícia para os sentidos!

 

Lua-de-mel de inverno na Turquia, com a I Go Travel Lua-de-mel de inverno na Turquia, com a I Go Travel Lua-de-mel de inverno na Turquia, com a I Go Travel Lua-de-mel de inverno na Turquia, com a I Go Travel Lua-de-mel de inverno na Turquia, com a I Go Travel

Ufa, que saudades de uma bela viagem, de cabeça e alma leves, rumo ao sol e ao mar sem fim. Regressaremos em breve a estes destinos, tenho a certeza.

 

Entretanto, espreitem também as sugestões  para uma viagem de lua-de-mel até Cuba (outro um destino seguro e tranquilo), um pulinho à Madeira e outro aos Açores, destinos nacionais sempre muito espectaculares e se calhar ainda por descobrir,  sem esquecer informação detalhada para viajar em segurança no contexto que atravessamos.

 

O melhor conselho que a I Go Travel tem para vos dar neste momento, é que peçam ajuda profissional para organizar a vossa viagem. Há muita informação que é actualizada a todo o momento, regras e constrangimentos que mudam, e a segurança e qualidade dos serviços que compram deve estar garantida. Não é de todo um momento para aproveitar pechinchas e mais do que nunca, o barato sai caro.

Apostem na qualidade: da viagem, do destino, do alojamento, da ocupação dos tempos livres. Informem-se em detalhe sobre seguros e reembolsos, regras e boas práticas para viajar em segurança e quarentenas.

 

Tal como um wedding planner é mais valioso do que nunca a gerir todos os imprevistos da organização, o vosso agente de viagens – e neste caso, a I Go Travel -, será o vosso braço direito para garantir uma viagem fantástica e cheia de memórias bonitas. Falem com a Andreia Augusto e ela vai planear-vos uma experiência de sonho!

 

Imagens da Costa Rica e da Turquia via Unsplash.

Susana Pinto

Lua-de-mel na Madeira – uma sugestão I Go Travel

Continuamos a viajar internamente: hoje sugerimos uma lua-de-mel na Madeira, com as boas dicas da I Go Travel.

 

A Madeira fica a noventa minutos de voo de Lisboa e é um destino de sonho.

Jóia um bocadinho ofuscada com a recente popularidade dos Açores, a ilha da Madeira é rica em cenários majestosos e de rara beleza onde contrasta o azul profundo do mar com o verde-esmeralda das montanhas, num arquipélago em que dois terços são área protegida e onde se encontra a maior floresta laurissilva do mundo.

 

Este arquipélago de origem vulcânica é constituído por quatro ilhas: a Madeira, Porto Santo, as Desertas e as Selvagens, sendo que estas duas últimas são consideradas reservas naturais.

 

Lua-de-mel na Madeira, com as sugestões da I Go Travel Lua-de-mel na Madeira, com as sugestões da I Go Travel Lua-de-mel na Madeira, com as sugestões da I Go Travel

Pensem em paisagens deslumbrantes, florestas densas e verdejantes, montanhas vulcânicas, jardins com flores de cores exuberantes, sabor a maracujá e mergulhos no mar azul do Atlântico. A Madeira é tudo isto e muito mais, um destino de sonho para a lua-de-mel de quem procura uma natureza esplendorosa e uma hospitalidade calorosa que respira tranquilidade e segurança.

 

Aqui a temperatura é sempre amena, com uma série de micro-climas distintos e muito apetecível para a prática de atividades ao ar livre. Isto significa que, em poucos quilómetros, podem mudar de ares e numa questão de minutos passar por várias atmosferas diferentes. Para passeios a pé, aproveitem o tempo fresco para trilhar as levadas, visitar o Funchal e ficar a conhecer o património ligado à época dos Descobrimentos ou percorrer livremente a ilha; para um passeio de barco, disfrutando da orla marítima,  o sol e as águas quentes convidam a dar um mergulho. A vertente sul tem mais sol e a vertente norte é mais húmida, por isso escolham o ambiente que vos apetece nesse dia e vamos passear!

 

No Porto Santo o clima tende a ser mais seco, mas nunca há demasiado calor. Façam uma mala leve, com roupa fresca e de várias camadas e acrescentem um agasalho e um impermeável – não se esqueçam de calçado confortável e também resistente à humidade e chuviscos inesperados. Usufruam da oferta de talassoterapia para o relaxe total em conjunto e explorem vários complexos balneares e acessos ao mar com boas condições para a náutica de recreio e para o mergulho. Afinal, nas ilhas, o ambiente é naturalmente acolhedor, equilíbrio e bem-estar são referências habituais.

 

Lua-de-mel na Madeira, com as sugestões da I Go Travel Lua-de-mel na Madeira, com as sugestões da I Go Travel Lua-de-mel na Madeira, com as sugestões da I Go Travel

Se são activos e gostam de animação, existem imensas experiências e actividades a dois como fazer um Fly&Drive na Madeira, descobrindo a ilha ao vosso ritmo; piqueniques em espaços verdes com paisagens a perder de vista; levadas e trekking; mergulho e snorkelling; piscinas naturais; canyoning; voos de parapente e muito mais.

Se são mais dados à mesa, mergulhem na gastronomia local: o peixe fresco, o vinho da Madeira, o bolo de mel, as lapas, o famoso bolo do caco, o bife de atum, o milho frito, a espetada em pau de loureiro, tudo ingredientes de um verdadeiro banquete!

 

Para dormir, da forma mais confortável, romântica e única, a I Go Travel  recomenda o Belmond’s Reid Palace, Quinta da Casa Branca, Casa Velha do Palheiro, The Cliff Bay e The Vine Hotel.

 

Lua-de-mel na Madeira: tanto para descobrir mesmo aqui ao lado!

 

O melhor conselho que a I Go Travel tem para vos dar neste momento, é que comecem a pensar na vossa lua-de-mel com tempo e peçam ajuda profissional para a sua organização. Há muita informação que é actualizada a todo o momento, regras e constrangimentos que mudam, e a segurança e qualidade dos serviços que compram deve estar garantida. Não é de todo um momento para aproveitar pechinchas e mais do que nunca, o barato sai caro.

 

Apostem na qualidade: da viagem, do destino, do alojamento, da ocupação dos tempos livres. Informem-se em detalhe sobre seguros e reembolsos, regras e boas práticas para viajar em segurança e quarentenas.

 

Tal como um wedding planner é mais valioso do que nunca a gerir todos os imprevistos da organização, o vosso agente de viagens – e neste caso, a I Go Travel -, será o vosso braço direito para garantir uma viagem fantástica e cheia de memórias bonitas. Falem com a Andreia Augusto e ela vai planear-vos uma experiência de sonho!

 

Imagens da Madeira via Unsplash.

Susana Pinto

I Go Travel recomenda: lua-de-mel nos Açores!

Parece que nos últimos tempos só falamos nos Açores, o que não deixa de ser, de alguma forma, verdade.

Depois de décadas esquecidos pela malta do continente, os Açores encontraram lugar cativo nos nossos corações e quem já lá foi (e são muitos!), deseja voltar rapidamente.

 

Há dias falámos do plano e prémio de sustentabilidade destas ilhas maravilhosas, como um belo destino para quem quer casar com consciência verde. Hoje sugerimos, com a ajuda da I Go Travel, os Açores como destino perfeito para a lua-de-mel.

 

Lua de mel nos Açores Lua de mel nos Açores Lua de mel nos Açores

Uma lua-de-mel paradisíaca pode ter como destino os Açores. Na imensidão azul do Atlântico, a Mãe natureza criou uma terra repleta de beleza natural e pronta a ser explorada: o arquipélago dos Açores, composto pelas suas nove ilhas que mostram a natureza no seu estado mais puro.

 

Há muitas coisas que podemos dizer sobre este destino e uma delas é claramente esta: é para os amantes da natureza! Se gostam de caminhadas, flora e fauna, observação de golfinhos e baleias, saborear produtos locais, e viver experiências reais onde o tempo passa mais devagar, os Açores são perfeitos para a vossa lua-de-mel.

 

A Oriente, em Santa Maria, as praias são quentes e de areia clara e as encostas cobertas de vinhas ondulantes.

Em São Miguel, a maior ilha, vão descobrir as icónicas Lagoas das Sete Cidades e do Fogo. A natureza telúrica viva da ilha sente-se nos geiseres, nas águas termais quentes e nos lagos vulcânicos, e é convertida sabiamente em forno, com o delicioso Cozido das Furnas, lentamente apurado no interior da terra.

 

No Grupo Central, as Ilhas Terceira, São Jorge, Pico, Faial e Graciosa dispõem-se harmoniosamente no mar azul por onde baleias e golfinhos espreitam fazendo as delícias dos visitantes. A Terceira fala de história em Angra do Heroísmo, classificada Património Mundial, e também nas suas festas. O Faial é o fresco azul das hortênsias, a marina colorida pelas pinturas dos iates que atravessam o mundo nas suas viagens transatlânticas e o vulcão dos Capelinhos, já extinto, lembra uma paisagem lunar. Em frente, o Pico nasce do mar, bordddo com as vinhas verdejantes plantadas nas encostas negras de lava.

Em São Jorge, o destaque vai para as Fajãs e para o famoso queijo, especialidade única e de sabor inconfundível. A Graciosa, de nome e de aparência, tem campos cobertos de verde que contrastam com os seus peculiares moinhos de vento.

 

Já no grupo Ocidental, a Ilha das Flores deslumbra-nos com a beleza das cascatas naturais e de lagoas escavadas por vulcões. O Corvo, a ilha-miniatura, tem no seu centro uma ampla e bela caldeira, e atrai várias espécies de aves vindas não só do continente europeu, mas também do americano.

 

Lua de mel nos Açores Lua de mel nos Açores Lua de mel nos Açores

Tudo isto são os Açores. Nove ilhas, nove pequenos mundos, tão parecidas e tão diferentes, onde a simpatia dos seus habitantes é partilhada por todos.

 

Para ficar, os Açores têm uma ampla oferta de moradias privadas, apartamentos turísticos e hotéis familiares, boutique, luxo e eco, para relaxar e aproveitar a lua-de-mel no melhor conforto.

Com a ajuda especializada da I Go Travel, conseguirão planear a vossa lua-de mel perfeita, à vossa medida e, tal como o vosso casamento, a vossa cara: estadia, transfers, actividades e outras surpresas locais estão na lista de contactos da equipa especializada da I Go Travel!

 

Recomendações finais:

O melhor conselho que a I Go Travel tem para vos dar neste momento, é que comecem a pensar na vossa lua-de-mel com tempo e peçam ajuda profissional para a sua organização. Há muita informação que é actualizada a todo o momento, regras e constrangimentos que mudam, e a segurança e qualidade dos serviços que compram deve estar garantida. Não é de todo um momento para aproveitar pechinchas e mais do que nunca, o barato sai caro.

 

Apostem na qualidade: da viagem, do destino, do alojamento, da ocupação dos tempos livres. Informem-se em detalhe sobre seguros e reembolsos, regras e boas práticas para viajar em segurança e quarentenas.

 

Tal como um wedding planner é mais valioso do que nunca a gerir todos os imprevistos da organização, o vosso agente de viagens – e neste caso, a I Go Travel -, será o vosso braço direito para garantir uma viagem fantástica e cheia de memórias bonitas. Falem com a Andreia Augusto e ela vai planear-vos uma experiência de sonho!

 

Imagens dos Açores via Unsplash.

Susana Pinto

Destinos seguros para lua-de-mel, em tempos de pandemia

O mundo continua virado de cabeça para baixo e aguarda-nos mais uma temporada de cuidados.

Mas ainda há planos que podemos fazer e sonhos que podemos, e devemos, ter!

 

Viajar é algo que nos abre os horizontes e nos expõe à diferença de hábitos, culturas, vistas, sabores – e isso faz-nos sempre falta.

Por estas razões, hoje, com a ajuda da I Go Travel, vamos falar de destinos seguros para visitar em lua-de-mel neste momento: Açores, Grécia e Maldivas.

 

Destinos seguros para a viajar na lua de mel: Açores, com a I Go Travel

Os Açores

 

Esta semana falámos dos Açores como um destino sustentável para casar, que merece a vossa atenção. Talvez não tenham pensado nestas belíssimas ilhas para a vossa lua-de-mel, mas garantimos que é uma excelente opção, sobretudo para quem gosta do contacto com a natureza, longos passeios e vistas de cortar a respiração.

Existe uma harmonia entre natureza e as pessoas, e cada ilha é distinta na sua paisagem e características, merecendo o vosso tempo e visita – aqui tudo corre com outro compasso.

 

O contacto com a natureza no seu estado puro propicia muitas actividades distintas, para quem gosta de alguma animação. Os programas relacionados com o mar são os que mais predominam e um passeio de barco para avistar cachalotes, baleias e golfinhos é algo a não perder, mas em terra também há muitas opções com graça, entre pousar num fantástico design hotel, com cocktails de fim de tarde, visitas às plantações de ananás e chá (a única da Europa), mergulhos em águas termais e passeios sem destino pelas cidades, descobrindo recantos e gastronomia local.

 

Destinos seguros para a viajar na lua de mel: Grécia, com a I Go Travel

A Grécia

 

Enseadas escondidas, estilo de vida metditerrânico e uma mesa para dois com vista para o mar azul brilhante: lua-de-mel na Grécia será sempre uma memória muito feliz!

Com um mar do mais incrível tom de azul e um permanente toque melódico dos sinos das capelas ortodoxas, imaginem-se a mergulhar na vossa piscina privativa com vista para a famosa caldeira de Santorini ou serpenteando pelos terraços fotogénicos de Mykonos. A Grécia, berço da democracia, é um lugar de sonho para lua-de-mel. Disfrutem a gastronomia fresca e vibrante numa mesa posta para dois, demorem-se até ao entardecer para absorver um pôr-do-sol épico e regressem para a vossa suite caiada com um terraço colorido pelas bunganvílias que vibram no seu contraste com o branco e o azul, ao sabor da brisa do Mar Egeu.

 

O nascer do sol traz iates bilionários atracados ao lado dos tradicionais barcos de pesca enquanto o comércio abre as suas portas. Os dias mais preguiçosos podem ser gastos no mar a explorar enseadas escondidas ou a explorar o incrível património histórico e artístico das cidades. As tardes são feitas para as espreguiçadeiras nos terraços ou para divertidos brindes com shots de raki na vossa cabana particular. As dunas de areia vazias de Creta são o sonho final e o pôr-do-sol de Santorini, visto de uma falésia, farol ou restaurante decorado com luzinhas de arraial é um digno vencedor para a vista mais romântica de qualquer viagem.

 

Destinos seguros para a viajar na lua de mel: Maldivas, com a I Go Travel

As Maldivas

Sabem aquelas imagens idílicas de bungallows numa praia de areia branca e água azul cristalina? São as Maldivas, um refúgio natural num arquipélago de luxo.

Entre as ilhas, circula-se de lancha. Abrandamos a velocidade e no horizonte um pequeno ponto ganha nitidez: é uma ilha rodeada por uma lagoa turquesa e a areia mais branca que já viram. Muito mais incríveis que nas fotografias, as Maldivas são onde a cor ganha vida.

 

Se escolherem este destino paradisíaco para a vossa lua-de-mel, esperem perder a noção do tempo e do que se passa no mundo. Mergulhem na piscina privativa da vossa villa que paira sobre a água e respirem esta beleza natural. Aqui, explorar a lista de cocktails artesanais é a tarefa mais extenuante que vão ter pela frente, mas se precisarem de outras ocupações, mergulhar e observar as tartarugas e tubarões-baleia ou escapar para uma ilha desabitada, como  Robinson Crusoe, para uma noite sob as estrelas, são duas belas ideias!

 

 

Que belos destinos, estes e em comum, todo um mar azul que nos enche de boas energias.

O melhor conselho que a I Go Travel tem para vos dar neste momento, é que comecem a pensar na vossa lua-de-mel com tempo e peçam ajuda profissional para a sua organização. Há muita informação que é actualizada a todo o momento, regras e constrangimentos que mudam, e a segurança e qualidade dos serviços que compram deve estar garantida. Não é de todo um momento para aproveitar pechinchas e mais do que nunca, o barato sai caro.

 

Apostem na qualidade: da viagem, do destino, do alojamento, da ocupação dos tempos livres. Informem-se em detalhe sobre seguros e reembolsos, regras e boas práticas para viajar em segurança e quarentenas.

 

Tal como um wedding planner é mais valioso do que nunca a gerir todos os imprevistos da organização, o vosso agente de viagens – e neste caso, a I Go Travel -, será o vosso braço direito para garantir uma viagem fantástica e cheia de memórias bonitas. Falem com a Andreia Augusto e ela vai planear-vos uma experiência de sonho!

 

Imagens via Unsplash.