Created with Sketch.
Susana Pinto

Casamento a dois em tempo de pandemia: Isabel + Tiago

Hoje abrimos as portas a mais um bonito casamento em tempos de pandemia.

 

A Isabel + Tiago decidiram casar em Agosto, no registo, de forma muito intimista: apenas os dois!

E que bonito e doce tudo isto é, mostrado através da lente da Ana Teresa Miranda, amiga de longa data da noiva.

 

Dizemos tantas e tantas vezes por aqui: o mais bonito dos dias pode tomar muitas formas, se é a vossa cara, então está tudo certo.

Nem todos precisamos de uma centena de pessoas à nossa volta (ou mais, ou menos) para vivermos, olhos nos olhos, este momento tão pessoal.

A felicidade palpável que vemos nestas fotografias é a prova absoluta disso mesmo!

 

Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

Imaginamos passar o nosso dia rodeados da família e amigos. Era o mais importante.

 

Perante a mudança de cenário, em que momento começaram a repensar o plano?

Planeámos o casamento com menos de um mês de antecedência. Com a pandemia, organizar uma festa estava fora de hipótese. Acreditamos que muitos convidados não iriam sentir-se confortáveis em estar presentes ou a recusar o convite. Sentimos que esta era a altura certa para darmos este passo e não quisemos adiar. Por isso, optámos por estar apenas os dois.

 

Bouquet de noiva campestre Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda

Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda

Como geriram esse processo e tomada de decisão? Foi mais difícil o processo logístico ou a decisão pessoal?

O casamento foi planeado desta forma desde o início e em segredo. Logo, não houve problemas do ponto de vista logístico. Combinámos não contar sequer à família mais próxima, porque não podiam estar todos connosco e não queríamos deixar ninguém de fora. Imaginamos o quão difícil seria não estar presente.

 

A experiência vivida é fiel à expectativa inicial ou acaba por ser muito diferente?

O nosso dia foi perfeito. Foi tal e qual como planeámos.

 

Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda

Para vocês, o que era fundamental? E sem importância?

Queríamos viver o nosso dia juntos. Temos a percepção que em alguns casamentos ditos normais os noivos estão tão preocupados que tudo corra bem que acabam por não usufruir do momento juntos.

Dispensamos uma grande festa.

 

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

Tratámos de tudo de forma relaxada, mas foi difícil levar emprestado os brincos da minha avó (afinal, ninguém sabia o motivo do pedido)!

 

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

O verdadeiro SIM!

 

Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda

Um pormenor especial…

O casamento foi organizado em segredo e só comeáamos a contar à nossa família e amigos no dia seguinte.

 

A vossa perspetiva do que é “o mais bonito dos dias!”, o seu formato, mudou ou haverá uma bela festa assim que possível?

Adorámos o nosso dia e não mudávamos nada! Se um dia mais tarde surgir uma oportunidade, gostávamos de celebrar o nosso casamento com quem nos é mais próximo, de uma forma simples e intimista.

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

Usufruam de cada segundo. Deixem-se mimar. Este é o vosso dia!

 

Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda Casamento civil em tempo de pandemia, com fotografia de Ana Teresa Miranda

O amor é universal e não é preciso dizer mais nada. Que dia bonito este!

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

fato do noivo e acessórios: Sacoor Brothers, Timberland e Festina;

vestido de noiva e sapatos: Claud (Braga) e Elo Sapataria (Barcelos);

maquilhagem e cabelo: António Cabeleireiros (Guimarães)

bouquet de noiva: Flores com Amor (Barcelos);

fotografia: Ana Teresa Miranda Fotografia.

Susana Pinto

Flores desidratadas e um vestido cheio de graça: Megan + Charlie

Já sabem que eu tenho um enorme fraquinho por vestidos de noiva interessantes e pouco convencionais. Ora o vestido cheio de graça de Megan é exactamente isso!

 

Megan + Charlie escolheram um formato de casamento um pouco menos convencional, mas exactamente aquilo que queriam e aquilo que eles são: uma quinta-feira ao fim do dia, sem miudagem e um belo jantar – nas suas palavras, “a great dinner party!”

Ora o resultado é muito bonito, relaxado e cheio de sorrisos em todas as imagens que vamos ver.  Do conforto do belo vestido de noiva em algodão e linho, óptimo para o calor seco do Midwest americano, com as suas mangas dramáticas e padrão rendado, aos brincos preciosos com duas pérolas oferecidos à noiva pela sua mãe, passando pelo fato janota e oh so smart do noivo…

 

E o que dizer da decoração com flores desidratadas, cujo ponto de partida foi o tom”marigold for a golden day“? Gosto muito do bouquet com sempre vivas (malmequeres de palha), tão simples e no entanto, tão em sintonia com todos os elementos… e o tecto coberto com as folhagens desidratadas? Dá uma atmosfera primeiro estranha, meio fantasmagórica, mas rapidamente se entranha e parece algo saído de um sonho, muito etéreo e leve.

 

A família próxima e os amigos estiveram completamente envolvidos no momento, celebrando a cerimónia, pondo a música a tocar, organizando o bar e a mãe do noivo acabou a fazer o fofíssimo bolo dos noivos, decorado com réplicas dos seus gatos de estimação.

 

Vestido de noiva diferente Vestido de noiva diferente Casamento moderno com ambiente industrial Casamento moderno com ambiente industrial Casamento moderno com ambiente industrial Vestido de noiva diferente Vestido de noiva diferente Vestido de noiva diferente Vestido de noiva diferente Vestido de noiva diferente Casamento moderno com ambiente industrial Casamento moderno com ambiente industrial

Casamento moderno com ambiente industrial Casamento moderno com ambiente industrial Vestido de noiva diferente Vestido de noiva diferente Vestido de noiva diferente Vestido de noiva diferente

Conselho dos noivos:

“We had our wedding on a thursday, didn’t invite kids, and had our friends bartend, DJ and officiate. A wedding can be whatever you want it to be – your people will be happy for you no matter what. Also, hire a great team and trust them to do their thing. We had no idea how valuable having a wedding planner would be.

We had so many guests travel from all over the world. It was so special to have all those great friends and family in one place to share our day with us. Looking out during dinner and seeing everyone we love at these long tables, talking in the candle light, was exactly what we had imagined.”

 

Decoraçao de casamento com flores desidratadas Decoraçao de casamento com flores desidratadas Decoraçao de casamento com flores desidratadas Decoraçao de casamento com flores desidratadas Casamento moderno com ambiente industrial Bouquet de noiva com flores desidtratadas Decoraçao de casamento com flores desidratadas Casamento moderno com ambiente industrialCasamento moderno com ambiente industrial Vestido de noiva diferente Decoraçao de casamento com flores desidratadas

O amor é apenas um, mas o dia do casamento tem muitas formas. E como diz e muito bem este casal, não importa a que escolhem para a vossa festa, todos vão adorar estar convosco nesse dia.

Como é o vosso dia de sonho?

 

Fotografia de  Sarah Ascanio Photography, via Junebug Weddings.

Susana Pinto

Um casamento premiado: o dia de Nicola + Henry

Fechamos esta semana com assomos de outono, com mais uma noiva de vestido de mangas compridas.

Acho mesmo que este detalhe passou a ser um dos meus favoritos quando falamos de vestidos de noiva modernos, poderosos e absolutamente fantásticos!

 

Há poucos dias, a Alexandra Barbosa, de A Pajarita, dedicou um dos seus artigos semanais exclusivamente a este assunto e eu estou totalmente alinhada na sua opinião: ai, as mangas…!

Ora no incrível e oh so sexy vestido de noiva de Nicola, para além do corte justo e mangas compridas, o decote, vertiginoso, é absolutamente espantoso!

Moderno e muito elegante, foi emparelhado com um véu simples, sem adornos, mas ao estilo dos anos vinte (pensem nos casamentos do Downton Abbey), na forma como é colocado – muito delicado, etéreo e sem mais adornos, para brilhe nessa simplicidade espantosa.

 

E vamos lá a confirmar isto mais uma vez: os casamentos mais estimulantes e modernos chegam-nos da Austrália: as flores são exóticas, estranhas e sempre incríveis, o styling dos ambientes é sempre minimal e de um bom gosto que nos deixa a suspirar… e a comida, bom, basta seguir o Masterchef para perceber a cultura gastronómica e a relação que as pessoas têm com a comida é informada e intencional.

 

Deixo-vos com o mais bonito dos dias de Nicola + Henry, que ganharam todo o seu casamento num giveaway, com uma equipa de fornecedores bestiais, como se pode ver no resultado: magnífico!

 

Casamento moderno Alianças de casamento diferentes Noivo de smoking Decoração interior de casamento moderno Decoração interior de casamento moderno Decoração interior de casamento moderno Decoração interior de casamento moderno Decoração interior de casamento moderno Decoração interior de casamento moderno Decoração interior de casamento moderno

vestido de noiva moderno e sexy Bouquet de noiva com flores exóticas  vestido de noiva moderno e sexy vestido de noiva moderno e sexy vestido de noiva moderno e sexy vestido de noiva moderno e sexy vestido de noiva moderno e sexy

vestido de noiva moderno e sexy vestido de noiva moderno e sexy vestido de noiva moderno e sexy    vestido de noiva moderno e sexy vestido de noiva moderno e sexy Bolo dos noivos

Gosto de tudo, casava-me assim, acho o vestido de noiva épico e se repararem na bonita combinação das alianças, a dele e a dela, são absolutamente singulares e muito pessoais.

E vocês, queridas meninas e meninos, o que acham deste dia, deste formato, desta visão: algo que faz sentido e gostariam ou o oposto do que têm em mente? Contem-nos tudo!

 

Fotografia de Bayly & Moore, via Together Journal.

Susana Pinto

Um vestido de noiva de manga comprida e renda: Tanya + Jake

São muitas as vezes que dissemos por aqui, aliás, que garantimos por aqui, que um casamento de inverno tem muito charme.

 

A atmosfera intimista e o potencial de ideias giras que podems er postas em prática dentro de portas são duas belas razões para casar nesta época, mas o maior argumento é mesmo este: um vestido de noiva de manga compridas e renda não tem igual!

 

Hoje trago-vos o casamento de Tanya + Jake, em Devon, no Reino unido: todo um charme!

Para o seu dia mais bonito, imaginaram um fim-de-semana partilhado com a família e amigos, para evitar idas e vindas longos no próprio dia – desta forma estariam todos mais tranquilos, relaxados e muito presentes. A escolha foi uma daquelas maravilhosas country houses inglesas, num complexo com várias casas com capacidade para alojar os seus 90 hóspedes. O plano incluía fazerem parte das suas refeições (perfeito, já que todos adoram cozinhar) e, de forma a manter o orçamento simpático, foram os próprios a comprar as bebidas, poupando no valor de catering e taxa de rolha. O próprio espaço forneceu ou recomendou os fornecedores de catering, organização e assegurou toda a logística.

 

Tanya e Jake quiseram ter uma cerimónia intimista e laica, mas com pormenores habituais dos casamentos religiosos, de forma a que os mais velhos – ambos tiveram os seus queridos avós presentes – reconhecessem o formato e a solenidade da ocasião, num belíssimo equilíbrio de vontades e tradições: houve votos e leituras tradicionais, a noiva entrou pelo braço do pai ao som de “Into my arms“, de Nick Cave, os noivos beijaram-se e abraçaram-se assim que se viram, no altar civil e celebraram a cerimónia de frente para os amigos e família, em vez de  estarem virados de costas, como é habitual.

 

Ela de vestido de noiva de manga comprida e renda, ele de fato Boss, a entourage também de preto, bouquet de flores com erva das pampas do jardim da avó, folhagem recolhida do jardim da mãe do noivo e dos amigos da família, bolo dos noivos feito pela mãe da noiva e uma piscadela de olho com as bolas de espelhos a pontuar aqui e ali, já que os noivos vivem num edifício que teve no seu piso térreo uma fábrica de bolas de espelho… tudo combina, tudo tem uma história e o resultado é maravilhoso!

 

Vestido de noiva com manga comprida de renda Vestido de noiva com manga comprida de renda Vestido de noiva com manga comprida de renda Noivo de fato preto Vestido de noiva com manga comprida de renda Vestido de noiva com manga comprida de renda

“Walking down the aisle and making eye contact with Jake waiting for me was my favourite moment and looking around seeing all of our family and friends during the ceremony. Any pre-ceremony nerves melted as soon as I saw Jake. We decided to have a humanist ceremony as we didn’t want to have any religion in the ceremony. Having a humanist ceremony meant that we had a lot of control over the actual ceremony planning, enabling us to focus on the fundamental messages of love and unity between us and our nearest and dearest.”

 

We wanted the ceremony to feel intimate and relaxed and decided to hold a ring warming ceremony where our wedding bands were passed around all of the wedding guests and each person warmed the rings in their hands whilst thinking of good wishes for us as a couple.”

“As we have family members who are religious, particularly elder members, it was important that the ceremony was still recognisable to them as a wedding, and so we chose to keep some traditional elements like the vows, and my dad walked me down the aisle.”

 

Vestido de noiva com manga comprida de renda Vestido de noiva com manga comprida em renda Vestido de noiva com manga comprida em renda Bouquet de noiva com rosas e pampas Vestido de noiva com manga comprida em renda

Vestido de noiva com manga comprida em renda Vestido de noiva com manga comprida em renda

Charmoso, não? Isto de casar dentro de portas, num espaço cheio de carácter e história, iluminado à luz das velas, tem tudo para ser muito especial.

E o que dizer deste vestido de noiva de manga comprida, gola alta e cauda de renda…? Com esta descrição nunca imaginaríamos quão sexy é…!!

 

Fotografia de Siobhan Beales, via Love my Dress.

 

Susana Pinto

Um casamento moderno e colorido, com flores exóticas: Georgia + Adam

E estamos de regresso aos nossos casamentos bonitos e inspiradores, sempre à sexta-feira!

 

Hoje trago-vos o mais bonito dos dias de Georgia + Adam, que escolheram um belo hotel com terraço para casar e festejar.

Há qualquer coisa de muito especial nos casamentos australianos, que me agrada de sobremaneira: são sempre leves. E nesta palavra, leve, convergem muitas e diferentes visões, todas elas interessantes.

 

Por norma, os vestidos de noiva são incríveis e muito fashion oriented. São modernos, inesperados, cheios de design e nada tradicionais. É raro vermos rendas ou cortes de princesa e é comum vermos estampados vibrantes, formas esculturais e até um fantástico par de calças!

 

Vestido de noiva moderno Vestido de noiva moderno Casamento moderno Altar civil com decoração geométrica e cores pastel Altar civil com decoração geométrica e cores pastel Altar civil com decoração geométrica e cores pastel Casamento moderno Casamento moderno Casamento moderno Casamento moderno Casamento moderno

Já as flores, quase sempre autóctones, são exóticas aos nossos olhos. As combinações de volumes, formas, cores, texturas são sempre gloriosas e muitas vezes surpreendentes – é comum encontrar flores que nunca tinha visto antes, como as gigantes flores amarelas e brancas que estão no belíssimo bouquet de Georgia, que parecem uma mistura de proteias com margaridas do campo – não faço ideia do que são, mas estou absolutamente encantada…!

 

E vamos falar dos espaços e da comida? O sentido de estilo dos australianos é fantástico e a oferta de tudo o que se relacione com a gastronomia (espaços incluídos) é uma festa para os sentidos. Também aqui é improvável vermos casamentos em espaços ditos tradicionais (ou tradicionais do nosso ponto de vista), e comum vermos casamentos em restaurantes com pátios, nas estufas de jardins botânicos, em terraços de hotel, em galerias e espaços urbanos de tipologia variada. E a comida…? Bom, não é à toa que o MasterChef Australia é um dos programas mais fantásticos de sempre, certo?

 

Casamento moderno Bouquet d enoiva com flores exóticas Bouquet de noiva com flores exóticas Casamento moderno Bouquet de noiva com flores exóticas Casamento moderno Casamento moderno Casamento moderno Casamento moderno Casamento moderno Casamento moderno

Casamento moderno Casamento moderno Casamento moderno Casamento moderno Casamento moderno

O casamento de Georgia + Adam é exactamente isto: um vestidaço de noiva, giro, giro, uma decoração fresca e vibrante, cheia de estilo, flores incríveis e exóticas, uma cerimónia risonha e cheia de boa disposição, um jantar delicioso e animadíssimo!

 

Eu casava-me assim! Parece-me um excelente plano – o que me dizem vocês desta abordagem leve e feliz?

Fotografia de Brown Paper Parcel, via Nouba.

Susana Pinto

Olá Setembro!

Setembro, para mim, será sempre o mês dos recomeços, das ideias frescas, dos planos e dos sonhos.

 

Enquanto a época corre, este seria, em temos normais, o mês dos dias mais bonitos, dos sorrisos, beijos e abraços, da luz dourada, do tempo manso.

2020 trocou-nos o rumo e a vida é diferente, o compasso é outro e tudo acontece num ritmo mais pausado, quase como se tivesse sido esbatido pelo sol.

Projectaremos tudo o que não fizemos este verão  para a próxima época ou repensamos o que conhecíamos e faremos diferente?

Meninas (e meninos!) que responderam “sim!”, que planos têm em mente? E que dúvidas e ansiedades vos assaltam?

Estamos por aqui, de cabeça fresca, para vos ajudar a chegar ao mais bonito dos dias de forma sabedora, tranquila e animada, como sempre. Com boas ideias, melhores conselhos, muita experiência e um ombro amigo!

 

Bolo dos noivos com flores desidratadas

 

Acompanhem as nossas dicas para casar, sempre à segunda-feira, os relatos dos noivos que já casaram, com as suas experiências e palavras, à sexta-feira, consultem a nossa lista seleccionada de fornecedores de casamento de qualidade e conheçam-nos melhor, às quartas-feiras, e deixem-se inspirar com imagens bonitas, ideias frescas e sugestões smart saver, amigas de qualquer orçamento.

 

No Pinterest, Instagram e Facebook seguimos à risca o mote de que uma imagem vale mil palavras e coleccionamos tudo o que nos agrada e faz suspirar: façam-nos uma visita!

 

Em Agosto deixámos aqui um apanhado de dias bonitos e palavras doces dos queridos noivos que gentilmente partilharam a suas celebrações connosco. Há aqui muita sabedoria e amor e, na sua diferença – porque somos todos diferentes -, um denominador comum: o mais bonito dos dias acontece à imagem de cada casal. Da forma como o imaginaram, o sentiram e o concretizaram. À sua medida e o seu reflexo.

E mesmo com dúvidas, hesitações, pressões ou desafios, com um coração determinado e puro, tudo converge e se alinha: afinal, este é o mais bonito dos dias!

 

Bolo dos noivos de Foraged Floral, via One Fab Day.

Susana Pinto

Casamento rústico e emotivo em Braga: Tânia + Nuno

Fecho esta selecção de casamentos que escolhi para partilhar convosco durante este mês com imensa nostalgia e um sorriso doce: quantos dias bonitos passaram por aqui, quantas palavras de estima, quantas histórias de amor, quantas ideias frescas e flores maravilhosas, quantas celebrações diferentes, de todas as formas e feitios!

 

Em todos estes casamentos, há um denominador comum: a concretização do mais bonito dos dias à medida de cada casal, da sua personalidade, da sua história, do seu coração! Validarmos esta intenção, sedimentá-la com raízes robustas para que floresça com alegria, é o nosso grande trabalho, a melhor marca que deixamos destes dez anos aqui!

 

Brindo a isso e deixo-vos com o dia bonito da Tânia + Nuno, em 2018!

Amanhã regressamos à nossa agenda do costume!

 

O casamento rústico e muito romântico da Tânia + Nuno chegou-me à caixa de correio no fim do ano. Vinha envolto nestas palavras tão bonitas:

 

“Boa noite,

Resolvi enviar este email no dia em que faz seis meses que estou casada. Tudo para vos agradecer…

Começo por explicar que namorei mais de dez anos com o meu marido e nunca tive o sonho de casar porque nunca me imaginei a entrar numa igreja e a ter um casamento tradicional… 

As coisas começaram a mudar quando duas amigas minhas tiveram casamentos lindos e completamente diferentes do habitual. Nessa fase, falaram-me do vosso site que comecei a espreitar de vez em quando…

 

Até que um dia o meu marido, decide pedir-me em casamento em frente à nossa família de quarenta pessoas. A partir desse dia, tudo mudou… Tornei-me leitora assídua do vosso site e tirava inspirações dos real weddings que publicavam. Sabia que queria um casamento fora do tradicional, algo simples e bonito, mas não sabia o que fazer. Foi aí que o Simplesmente Branco teve um papel fundamental…

Percebi com os vossos posts que era possível aquilo que eu sonhava ter e que era possível fazer um casamento lindo, muito handmade e personalizado… Perdi a conta ao número de vezes que reli os vossos posts… As inspirações que retirei dos vossos conteúdos eram tantas que tive que fazer selecções das selecções e, no final de tudo, consegui fazer o casamento mais bonito, simples e sentimental que já vi (não sou a única a dizer isso, claro que sou suspeita)…

 

Por esse motivo quero-vos agradecer do fundo do coração… Obrigada por me terem ajudado a ter o dia mais bonito e perfeito da minha vida! Tenho perfeita noção que não teria conseguido sem vocês, porque me mostraram que era possível… 

Obrigada também pelos fornecedores seleccionados que têm. Contratei o serviço de DJ dos LSS que, apesar de não conhecer o trabalho, confiava a 100% porque eram vossos fornecedores e só podiam ser muito bons. E tinha razão!

Por tudo isto, obrigada!”

 

Tânia e Nuno, um brinde ao mais bonito dos dias! Tchim, tchim!

 

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Quando a resposta foi “sim!”, como é que imaginaram o vosso dia?

A verdade é que sempre dissemos que nunca iríamos casar porque não nos identificávamos com o tipo de casamento tradicional, mas já tínhamos falado que um dia poderíamos fazer algo simples e descontraído. Assim, depois do pedido (que foi uma verdadeira surpresa), decidimos logo que seria por aí o caminho. Não tínhamos uma ideia clara do que queríamos nem onde poderíamos fazer o casamento, mas começámos a enviar emails para vários locais menos “tradicionais” para ver o que surgia.

 

Sabíamos que queríamos uma festa bastante descontraída e natural, uma espécie de cocktail com boa música, boa comida e as pessoas importantes da nossa vida. Isso era o fundamental. Não queríamos cerimónia pela igreja nem os protocolos que a maior parte dos casamentos tem. Não queríamos um local muito moderno nem muito grande. Queríamos apenas uma festa onde que as pessoas se sentissem parte da nossa história.

 

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Sentiam-se preparados ou foi um caminho com muitos nervos?

Não nos sentíamos muito preparados porque nunca ligámos à questão do casamento e não sabíamos como começar a organizar um. No entanto, tivemos apoio de amigos que já tinham casado e que nos ajudaram com check-lists para percebermos o que tínhamos de tratar.

O casamento foi organizado em nove meses e tivemos tempo suficiente de tratar de tudo, até porque houve muita decoração feita por nós, à mão. Mais perto da data, sentimos um pouco mais de nervos, porque há sempre aquele receio de alguma coisa falhar e de nos esquecermos de algo importante…

 

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Em que momento da organização do casamento é que sentiram, «é mesmo isto»?

Na escolha da quinta. A quinta era perfeita para o dia que estávamos a idealizar. Uma quinta muito rústica e bonita, com um espaço exterior perfeito para a festa que queríamos ter. A partir daí as ideias não pararam de surgir.

 

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

O resultado é fiel às ideias iniciais ou muito diferente? Contaram com alguma ajuda?

Acho que o resultado ainda foi melhor do que ideias iniciais. Mocho Eventos prontificou-se desde logo a seguir todas as nossas ideias e sugestões, e o resultado foi mais que perfeito. Em todo o processo acreditávamos que iam conseguir, mas nunca pensámos que ficasse um espaço e uma decoração tão bonita… Além da Mocho Eventos tivemos uma grande ajuda da nossa família: na decoração, lembranças, almofada das alianças, etc. Tudo foi pensado ao pormenor e feito à mão com muito carinho.

 

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

O que era fundamental para vocês? E sem importância?

O fundamental era termos um dia bonito e com muito amor em todos os pormenores. O nosso objectivo era fazermos uma festa bonita com as pessoas de quem mais gostamos. Foi um casamento diferente do habitual e, por isso, tão sentimental e relaxado. Queríamos que tudo fluísse de forma natural, sem pressas e sem horários.

O que não tinha importância era seguir o protocolo típico dos casamentos.

 

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

O que foi mais fácil? E o que foi mais difícil?

O mais fácil foi decidir o tipo de festa e decoração. Queríamos um casamento “handmade”, ou seja, uma decoração muito simples, rústica, com pormenores pensados por nós e feitos à mão por nós e pela nossa família.

O mais difícil: para o noivo foi a gestão do stress nos dias que antecederam o casamento. Para a noiva foi a gestão de tantas ideias e o querer fazer tanta coisa “handmade”. Algumas ideias mais secundárias tiveram que ficar pelo caminho porque não dava mesmo para fazer tudo.

 

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Qual foi o pico sentimental do vosso dia?

Tivemos vários picos sentimentais durante a cerimónia civil: os textos que os irmãos dos noivos leram e que faziam uma bonita homenagem a amigos e família que tinham falecido recentemente, as músicas que a tuna da noiva tocou e que deixaram as lágrimas no canto do olho, os votos dos noivos que tanto fizeram rir como chorar e que deixaram toda a gente emocionada…

 

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

E o pico de diversão?

Durante a tarde, o cocktail com música ao vivo da banda do irmão da noiva, os “Maria Ninguém”, que pôs toda a gente a cantar e a dançar, e a festa no final da noite com o dj LSS, que conseguiu que todas as gerações fossem para a pista. Também foi muito divertido um vídeo feito pela família, que pôs toda a gente às gargalhadas.

 

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Um pormenor especial…

Tivemos vários pormenores especiais porque queríamos que o casamento fosse muito personalizado e especial: para a cerimónia fizemos tsurus em origami para decoração do espaço, cones de papel kraft e um leque com as músicas para oferecer aos convidados; fizemos à mão vários textos e desenhos que colocámos nas ardósias e espalhámos por toda a quinta; fizemos bandeirolas de serapilheira com várias frases para decoração dos vários espaços; tínhamos um local no jardim para tirar fotos polaroid onde os convidados colavam as fotos num álbum feito por nós e deixavam dedicatórias; na sala de jantar tínhamos uma moldura de madeira com fotos de todos os convidados e com aqueles que, infelizmente, nos tinham deixado recentemente.

 

Nas mesas da família e amigos colocamos uma moldura com um texto muito bonito a relembrar essas pessoas; fizemos um livro com várias actividades para os mais pequenos se divertirem; os marcadores das mesas eram fotos nossas dos vários locais do mundo que tínhamos visitado; no ramo da noiva, foi colocado um pormenor de feltro feito à mão para relembrar uma grande amiga; as lembranças foram frascos de doce de framboesa caseiro feito pela família; os bonecos no topo do bolo eram o “Manel e a Maria” vianenses, uma vez que parte da família da noiva é de lá. A família e a tuna também fizeram algumas surpresas durante o jantar, que nos deixaram bastante emocionados.

 

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Casamento rústico em Braga

Agora que já aconteceu, mudavam alguma coisa?

No geral não mudávamos nada porque o dia foi perfeito, mas, apesar de termos dito desde logo que não queríamos fotos formais com os convidados, se fosse hoje, teríamos aproveitado a entrega das lembranças pelas mesas, para termos fotos com todos, sem excepção. Também alterávamos a dança para o exterior, caso o tempo pemitisse.

 

Algumas words of advice para as próximas noivas…

O maior conselho é que aproveitem tudo, desde a preparação, ao dia… São meses a sonhar e a idealizar toda a festa e é uma emoção tão grande que o dia passa mesmo a correr! Façam o casamento dos vossos sonhos, não ligando ao que as pessoas estão à espera. É o vosso dia e tem que ser à vossa imagem. A melhor coisa que vos podem dizer é que o casamento foi a vossa cara. No nosso caso, toda a gente o disse e é motivo de muito orgulho. Casávamos já outra vez!

 

 

Os fornecedores envolvidos:

 

convites e materiais gráficos: os convites e algum material gráfico foram desenhados por duas amigas designers, Filipa Fortunato e Raquel Carvalho, e o restante foi desenhado pela noiva;

local e catering: Quinta de Vilaça com o catering Mocho Eventos;

bolo: Pastelaria Glicínia;

fato do noivo e acessórios: fato Miguel Vieira e sapatos Arcar;

vestido de noiva e sapatos: vestido Rembo Styling e sapatos H&M;

maquilhagem: Francisca Roboredo Professional Makeup;

cabelos: Luzia de Sá Cabeleireiro;

bouquet: Fábia Fernandes;

decoração: Mocho Eventos, noivos e família;

ofertas aos convidados: família dos noivos;

fotografia: José Crispim Photography;

vídeo: Os Tais do Video;

luzes, som e Dj: LSS como dj, Gatuna e Maria Ninguém com actuações durante o cocktail e jantar.