Created with Sketch.
Susana Pinto

Como se faz um convite de casamento, com a Pajarita

O processo criativo de um artista é sempre fascinante. Mais do que o resultado, é a viagem que nos mostra a alma, os gestos, a ideia a tomar forma, perante o nosso olhar incrédulo, já que tal talento não nos assiste. É quase um acto de magia e encantamento.

 

E é disso mesmo que se trata este filme sobre o processo criativo da Alexandra Barbosa, artista gravadora, que conhecem como A Pajarita, e que cria estacionário de casamento, com processos manuais. Desenho, pintura a aguarela, gravura, são alguns dos meios escolhidos para trabalhar sobre papel de alta qualidade. O resultado é sempre uma pequena e única obra de arte: o diálogo entre entre as vossas expectativas, sonhos e desejos, e a alma, cabeça e mãos da Alexandra.

Esta dança entre a escuta e a resposta é o que vamos ver neste filme tão bonito e tão fiel à essência de A Pajarita.

 

Aposto que estão encantados!

 

Se o mais bonito dos dias está no vosso horizonte, entrem em contacto com a Alexandra Barbosa, de A Pajarita, para conversar sobre estacionário de casamento. O seu trabalho é radioso e muito singular, de uma beleza discreta e intemporal. Afinal, no dia do casamento, os noivos são o mais importante, tudo o resto acompanha e suporta no seu papel de actor secundário, somando beleza, encanto e ambiente.

Susana Pinto

Sugestões de Natal Simplesmente Branco

Em vez das habituais dicas para casar, hoje vamos deixar-vos com algumas sugestões de Natal bem simpáticas.

 

As minhas escolhas apoiam os negócios locais, os fornecedores de serviços de casamento que têm os seus projectos em suspenso, e tiram proveito do distanciamento, que é algo que pode ter o seu encanto, se o soubermos explorar – o copo pode, de facto, estar meio cheio, muitas coisas dependem da perspectiva com que olhamos para elas e as queremos interpretar!

 

Sobremesas de Natal Iguarias do Tempo

Se estão – ou têm pessoas queridas – na zona de Leiria, Marinha Grande ou Nazaré, encomendem os vossos doces e ceia de Natal à Iguarias do Tempo. Seja para consumir em casa, para mimar pessoas especiais ou agradecer a importância que a presença de alguém teve na vossa vida, uma fatia gulosa é sempre uma escolha muito certeira.

 

E o mesmo para a zona de Lisboa e Cascais: espreitem a ementa da Doce Maria, encomendem os doces de Natal e façam-nos chegar às mesas das vossas pessoas favoritas – e à vossa também! Menos correrias, um jantar mágico e muitos sorrisos quentinhos!

 

Em Lisboa, podem contratar os serviços da Your Move Box, o novo projecto da Jukebox, que se dedica à logística: mudanças, compras, entregas, com o rigor e qualidade que lhes conhecemos tão bom. Se precisam de um serviço de entrega de ofertas de natalícias aos vossos parceiros, se têm uma doação volumosa para fazer, se não têm disponibilidade para ir fazer aquelas compras, ou se precisam de um Pai Natal para distribuir os vossos presentes, entrem em contacto com a Catarina Pelica, que vos trata de tudo!

 

Para os pequenotes mais cool, espreitem o novo projecto da Filipa Simões Freitas, que criou o nosso logotipo: Tip & Toe, meias giras e muito hipster, com produção 100% nacional. E se falamos na Filipa, que é uma empreendedora de mão cheia, falamos também nos chapéus Pal Portugal, versão de verão, em palhinha, e versão de inverno, em feltro de lã, para miúdos e graúdos.

 

Para escrever mensagens bonitas, a Alexandra Barbosa, de A Pajarita, cria cartões de Natal únicos e personalizados, pintados à mão com aguarela ou criados a partir de uma xilogravura. Podem emparelhá-los com magníficos arranjos florais que saem das suas mãos delicadas e presentear as vossas pessoas mais queridas.

 

Espreitem as páginas dos nossos fotógrafos de eleição, como a Lounge Fotografia, e juntem à vossa lista de compras de Natal um voucher para uma sessão fotográfica em família. O registo das memórias é sempre algo muito especial e, juntando uma moldura catita, é algo muito simples de enviar por correio, e será certamente recebido com o maior dos sorrisos!

 

 

A I Go Travel tem um pacote de experiências para disfrutar em escapadinhas de fim-de-semana, pronto a escolher e oferecer, em forma de voucher. Seja para a cara-metade, para pais e sogros que merecem uns dias de descanso e mimo, ou até para amigos especiais, a I Go Travel convida-nos a escolher entre estes assuntos muito apetecíveis: Relax, Experiências Gastronómicas & Vinhos, Aventura, Romance, Descanso Merecido ou Pausa em Família – haverá aqui escolha para todos, a dois ou em família! Ponham-se à conversa com a Andreia Augusto e escolham um belo presente!

 

Na Livraria Almedina, os livros estão com 20% de desconto e oferta de portes – podem encontrar por lá o Queres casar comigo? – guia prático para um dia muito feliz e muitas outras escolhas bestiais para os leitores mais exigentes!

 

As minhas compras de Natal foram feitas à Amor de Chocolate, à Beija-flor, à Zélia Évora e à Lídia Paulo.

 

Mas ainda não terminei e estou de olho nas coroas de Natal do Gustavo Camacho, do Bosque, nas peças da Eliana Tomaz, da Tomaz Design e nas porcelanas da Paula Valentim, da Otchipotchi.

 

saco Tomaz design

Coroa de natal Bosque decoração de natal em porcelana Otchipotchi

Atrás de cada marca está um artesão, uma pessoa, uma família (ou várias!). O espírito do Natal, muito além do  consumo, vive nos momentos em que prestamos atenção, deixamos palavras de alento e celebramos os laços que nos unem. Juntos, somos uma rede de vasos comunicantes que dá e recebe, e faz bater um coração vivo. A distância física que nos separa não tem qualquer importância!

 

Boas festas e boas compras!

Susana Pinto

Anel de noivado em ouro branco, um presente de Natal Romantis

A época das festas parece ser uma das altura preferidas para os pedidos de casamento, sabiam?

Talvez porque a família se encontre reunida, quem está fora regressa para o Natal, e há todo um espírito de encontros, reencontros e carinho que paira na atmosfera.

 

Fiel a estes hábitos e tradições, a Romantis lança dois novos anéis de noivado, em ouro branco e diamantes (com uma variante em cristais Swarowski).

São modelos clássicos, intemporais, e com personalidade suficiente para agradar a quase todas as noivas.

Nesta nova colecção de anéis de noivado em ouro branco, destacam-se os dois modelos que vos mostramos hoje.

 

Anel de noivado em ouro branco e diamantes, na Romantis Anel de noivado em ouro branco e diamantes, na Romantis Anel de noivado em ouro branco e diamantes, na Romantis

O primeiro anel de noivado em ouro branco é mais vistoso, tem uma forma de coroa onde encaixam diamantes ou cristais Swarowski. Esta opção da Romantis, criando peças idênticas com dois tipos de pedras – gemas e cristais -, permite que a beleza e qualidade do design sejam acessíveis a todos os bolsos. Afinal, mais do que o valor material, o gesto e significado que um anel de noivado captura de forma permanente, são a sua riqueza maior.

 

O preço para a versão Swarowski, a mais acessível, é a partir de 400 euros.

 

Anel de noivado em ouro branco e diamantes, na Romantis Anel de noivado em ouro branco e diamantes, na Romantis Anel de noivado em ouro branco e diamantes, na Romantis

O segundo modelo de anel de noivado em ouro branco é mais delicado e subtil, com uma pedra quadrada ao centro, abraçada por duas mais pequenas nas laterais. De inspiração vintage, é o tipo de anel que parece ter passado por várias gerações de mulheres de outros tempos, até chegar ao dedo da noiva de hoje.

 

Também este modelo de anel de noivado em ouro branco existe na versão mais rica, com diamantes, e mais acessível, com cristais Swaroski. Podem encontrá-lo no mercado, nesta última tipologia, a partir de 200 euros.

 

 

Prontos para fazer a pergunta mais especial do ano?

Não deixem de visitar a Romantis para descobrir a oferta de anéis de noivado em ouro branco e toda a colecção de alianças de casamento.

 

Nas dicas para casar, que publicamos aqui sempre às segundas-feiras, já deixámos algumas recomendações para que possam fazer a compra do anel de noivado de forma a que seja uma surpresa, incluindo algumas sugestões para planear o momento.

 

As imagens belíssimas foram captadas pelo Hugo Esteves Photography e o styling é da Alexandra Barbosa.

Susana Pinto

Inspiração para casamento intimista: azul e ouro, sempre elegante!

Hoje partilho convosco mais uma inspiração para um casamento intimista.

Acredito que esta será a grande tendência para o próximo ano, e posso dizer-vos que sou muito fã. O facto de encolhermos a lista de convidados é um factor imenso de mudança na forma como o dia pode ser desenhado, desde a escolha do espaço ao mais pequeno detalhe.

Com um orçamento mais folgado, passa a haver espaço para outro forma de olharmos para as escolhas disponíveis e elevarmos a sua qualidade. Dito de outra forma, e com algum humor, repetimos o nosso mote: “menos é mais“.

 

Menos convidados é sinónimo de mais intimidade, mais tempo para tudo e para todos, mais qualidade e critério e também mais detalhes, pensados para espantar e encantar desde o primeiro momento do dia, até à saída do último convidado.

Pensem no espaço, nas opções do menu, nos apontamentos florais, na decoração, na colecção completa do estacionário de casamento, todos estes detalhes ganham músculo com mais folga no vosso orçamento inicial, que ao ser distribuído por menos convivas, permite não só encolhê-lo, o que é sempre uma surpresa agradável, mas tambem proporcionar uma experiência inesquecível, calorosa e verdadeiramente especial.

 

A sessão de inspiração que vos trago hoje chega-nos do Algarve. Aconteceu no Grand House Algarve, e foi preparada pela Denise Cavaco, da Romance Events:

“A Grand House fica situado no sotavento Algarvio, no ponto mais a sudoeste de Portugal e ancorado na margem do rio Guadiana, fronteira com Espanha. Com um estilo Belle Époque, reabriu recentemente como o primeiro boutique hotel de cinco estrelas da região, na histórica cidade de Vila Real de Santo António.”

 

Inspiração para casamento intimista em tons de azul Inspiração para casamento intimista em tons de azul Estacionário de casamento A Pajarita Estacionário de casamento A Pajarita Estacionário de casamento A Pajarita Estacionário de casamento A Pajarita Estacionário de casamento A Pajarita Espaço para casar no Algarve: Grand House Espaço para casar no Algarve: Grand House Espaço para casar no Algarve: Grand House Espaço para casar no Algarve: Grand House Vestido de noiva nude

Bouquet de noiva com verdes Vestido de noiva nude Espaço para casar no Algarve: Grand House Espaço para casar no Algarve: Grand House Descoração para casamento intimista Descoração para casamento intimista Descoração para casamento intimista Descoração para casamento intimista Descoração para casamento intimista

Inspiração marítima, sem clichés, para um casamento intimista no Algarve. O espaço é glorioso e provoca a escolha e criação de peças em perfeita sintonia: igualmente elegantes, igualmente sofisticadas, igualmente românticas.

 

O estacionário delicado saiu das talentosas mãos da Alexandra Barbosa, de A Pajarita. Azul royal e ouro, com muitos detalhes e acabamentos feitos à mão, como só um artesão sabe criar. A louça é outro clássico grandioso, que só faz sentido neste espírito de intimidade e dias de festa verdadeiramente ricos: um serviço Vista Alegre. A direcção criativa é da Denise Cavaco, da Romance Wedding Design, que está à espera dos vossos sonhos, à beira-mar algarvia!

Que bela equipa, esta!

 

 

Participara nesta sessão fotográfica os seguintes fornecedores:

planning & styling: Romance Wedding Design; fotografia: Portugal Wedding Photographer; espaço: Grand House Hotel; manequim: Ju Aubert; cabelo e makeup: Bianca Pereira; flores: Vitoriana Florista; vestido d enoiva; Ana Javgureanu; jóias: Janeiro Baião; estacionário: A Pajarita; mesa: Vista Alegre.

Susana Pinto

Já conhecem os novos anéis de noivado Romantis?

Por esta altura, mesmo a tempo dessa época tão especial que é o Natal, a Romantis lança a sua nova colecção de anéis de noivado, que inclui ainda brincos e colares para a noiva.

 

Ao contrário do habitual, toda esta colecção foi desenhada em ouro branco e inclui a cravação manual de diamantes ou pedras Swarovski.

O facto de ser neste tom, torna estas peças mais modernas e diferenciadas, com a mesma classe mas um design mais arrojado.

As pérolas também estão presentes em algumas das peças, como os anéis de noivado, e acrescentam romance a esta colecção tão intemporal.

 

Imaginamos uma noiva de estilo moderno e intemporal, que aprecia os detalhes e acabamentos requintados, linhas puras e uma elegância fora de série. Com a ajuda de A Pajarita, que criou um estacionário maravilhoso e na companhia de uns fantásticos sapatos de noiva Badgley Mishka, distribuídos pela Anna Walker e um muito moderno toucado de Diana Martins, criámos este editorial para vos inspirar.

 

A combinação do azul royal com o ouro branco é uma afirmação de gosto e requinte, deixa-nos sem ar por um instante!

 

Aneis de noivado em ouro branco da Romantis Aneis de noivado em ouro branco da Romantis Sapatos de noiva Badgley Mishka Alianças de casamento em ouro branco Aneis de noivado em ouro branco da Romantis Aneis de noivado em ouro branco da Romantis Aneis de noivado em ouro branco da Romantis Acessório Diana Martins Aneis de noivado em ouro branco da Romantis

Com anéis deslumbrantes e vistosos, alianças clássicas e ainda opções minimalistas, esta colecção Romantis é feita de linhas suaves, emoções, momentos e memórias.

Com um design distinto, a nova colecção de noivado agrega todo o simbolismo dos momentos mais importantes da vida a dois numa peça intemporal que passará de geração em geração.

 

Todas as jóias Romantis com diamantes são serializadas e acompanhadas de um certificado de autenticidade, que atesta a genuinidade e qualidade da peça. Os tesouros são assim!

 

Fotografia de Lounge Fotografia; estacionário de casamento e bouquet de noiva A Pajarita; sapatos de noiva Anna Walker; toucado Diana Martins e colecção de alianças em ouro branco e anéis de noivado com diamantes e pérolas Romantis.

Susana Pinto

Dicas para casar: lembranças solidárias para os convidados

Esta temporada tão desafiante que estamos a atravessar exige de nós muito mais do que o habitual: mais empatia, mais cuidado, mais resiliência, mais paciência, mais disponibilidade e atenção.

 

Hoje falamos sobre pequenos gestos de agradecimento e generosidade: lembranças solidárias para os convidados ou ofertas para o vosso círculo de contactos, seja profissional ou pessoal.

 

O mais bonito dos dias é, na sua essência, a união e partilha do amor.

O formato que toma, seja uma festaça para duzentos convivas ou espumante e bolo para as dez pessoas mais próximas do vosso coração, acaba por ser um detalhe na grande ordem das coisas. Como dizemos sempre por aqui, o fundamental é que seja à vossa medida, a vossa cara, o vosso reflexo.

Depois do “sim!” emocionado e muito feliz, depois das borboletas na barriga só a dois, depois de contada a novidade e depois de marcada a data, começa esta viagem longa, tensa, divertida também, e muito desafiante. Toda a gente à vossa volta terá uma opinião, uma ideia genial, um direito devido, uma sugestão irrecusável.  Saber gerir estas forças que puxam para direcções que são diferentes entre si e que são diferentes da vossa, de forma delicada mas também assertiva, é um processo e uma aprendizagem, feita de ponderações várias, cedências com importâncias relativas (menos para um dos lados, muito mais para o outro) e firmeza no essencial e inquestionável.

Diria mesmo que, juntamente com a gestão totalmente cerebral do orçamento (a única forma de o fazer!), são os faróis para navegar durante meses, entre decisões complexas e valores elevados, em direcção a um dia muito feliz e leve: o melhor dia da vossa vida.

 

Porque sentimos que também nós fazemos parte do vosso círculo de amigos próximos, é claro que também temos uma opinião, e também temos uma ideia, e também temos um conselho que achamos ser o melhor de todos!

 

Permitam-me a audácia de saber o que é melhor para vocês, porque juntamos razão e coração neste gesto e mensagem.

A ideia que quero partilhar convosco é simples, valiosa e com impacto, e resume-se a um número singular: 1%.

Tomem nota deste valor, que explico a seguir: 1% do vosso orçamento.

1% do vosso orçamento.

Gentileza é um dos nossos valores essenciais. É algo que pratico de forma discreta, em público e em privado, à minha maneira, pela minha cabeça, em sintonia com o meu coração. Estender a mão, de forma real ou em sentido figurado, quando alguém precisa (seja de uma informação ou de uma ajuda mais real e concreta), é um pouco como respirar, é um bem essencial e natural. Se o podemos fazer, parece-me sempre tonto não o fazermos, de facto.

 

ofertas aos convidados

No Simplesmente Branco pomos à vista, todos os dias, esta nossa vontade: sermos gentis e generosos para com a nossa comunidade.

E fazemo-lo de forma estruturada e intencional, escolhendo um conjunto singelo de parceiros fazedores de imensa diferença no quotidiano de quem está menos bem. Se passamos os dias a celebrar a felicidade alheia, vamos alocar uma pequena parte dessa festa a um objectivo igualmente especial, não?

A nossa resposta é: claro que sim! E assim chegamos ao número mágico lá de cima…

Considerem doar 1% do vosso orçamento a uma instituição à vossa escolha (é isso mesmo, unzinho!), como substituto das lembranças para os convidados.

É uma ideia óptima, acreditem! Acabam com a pegada ecológica, facilitam alguma logística, ajudam quem precisa, gastando à medida do vosso orçamento e generosidade, sensibilizam os vossos convidados e amigos e podem, com isso, gerar  toda uma cadeia de partilha de conhecimento e valor para com a instituição que escolheram, de forma pública, informada e, com uma dose de optimismo viral (que bonito que isso pode ser…!).

Os parceiros solidários que sugerimos na nossa lista partem de escolhas pessoais: porque conhecemos pessoas envolvidas de ambos os lados (quem lá trabalha e quem foi ajudado), e por contactos profissionais que vamos tendo – todos estes projectos são valiosos e muito importantes nas comunidades que servem, e revemo-nos neles. Já o dissemos – é a nossa parte favorita deste Simplesmente Branco.

 

Nenhum é a vossa cara ou causa? Não há problema, façam a vossa ligação directa e mantenham a nossa ideia em prática: 1% do vosso orçamento. Têm amigos que vão casar? Pois opinem sobre as lembranças, com um tom sábio e bem humorado: vão convencê-los de certeza, porque as boas ideias são contagiosas e as ideias bonitas são irresistíveis!

 

1% do vosso orçamento, singelo ou generoso. É só isto!

Na imagem acima, têm um coração em origami com uma mensagem por dentro, feito especialmente para nós pela Ana Maio, da Indígo Paper Lab, fotografado de forma magnífica pelo Luis Mateus, da Lounge Fotografia. Foi com estes bonitos corações que agradecemos a todos os que nos visitaram no showcase das Caves Ferreirinha, cuja bilheteira reverteu a favor do nosso parceiro ENCONTRAR+SE.

O valor do trabalho foi gentilmente doado pela Indígo Paper Lab à ENCONTRAR+SE. As fotografias bonitas foram gentilmente feitas pela Lounge Fotografia, para nós. É uma cadeia gentil de acções consequentes, e um objecto, simples, delicado, discreto, que contém em si todo este amor, toda esta soma: obrigado!

 

Neste contexto esquisito que atravessamos, em que apoiar os negócios locais é um dos nossos papéis na comunidade, podem marcar a época natalícia que se avizinha fazendo chegar às vossas pessoas estas lembranças de dias felizes. Se casaram este ano e o fizeram de forma muito reduzida, porque não partilhar essa memória tão especial com quem não pôde estar presente?

 

A Alexandra Barbosa, de A Pajarita tem um conjunto de sugestões lindas de morrer para dar forma a este gesto de carinho que atravessa a distância: uns cartões personalizados com aguarelas originais ou gravuras de autor. Vão lá espreitar, que é tudo muito bonito!

 

Acompanhem as nossas dicas para casar, sempre à segunda-feira. Queremos ajudar-vos a navegar a viagem até ao mais bonito dos dias, reunindo e partilhando bons conselhos, ideias frescas e muito sentido prático, real e experiente.

Aproveitem para explorar a galeria da Lounge Fotografia, a dupla Luís Mateus e Marta Barata!

Save

Save

Save

Susana Pinto

À conversa com: A Pajarita, convites de casamento

Hoje sentamo-nos a conversar com a Alexandra Barbosa, que assina como A Pajarita, convites de casamento.

E que bonito e incrivelmente delicado é o trabalho da Alexandra! Já o vi ao vivo várias vezes e já visitei a Alexandra no seu belíssimo estúdio na Póvoa do Varzim: conversamos sempre sobre o seu trabalho de gravura e o nosso fascínio pelos papéis artesanais.

É sempre um prazer perceber as técnicas, processos e acabamentos destas peças tão singulares e femininas, de uma beleza discreta e intrigante.

Venham conhecer A Pajarita!

Acredito que cada casal é uma fórmula. Se pensarmos nas pessoas, não há duas iguais. Quando conheço um casal, conheço duas pessoas diferentes e é a soma deles que eu tenho de calcular para lhes puder apresentar uma fórmula que respeite quem são juntos. É nessa comunhão que nasce a fórmula que retrata o casal. Se não há duas pessoas iguais, não há duas somas iguais, logo não há duas fórmulas iguais.

Conte-nos um pouco da sua viagem profissional, das artes plásticas para o universo dos casamentos. Foi um caminho natural ou uma situação específica que o apontou?

Sou artista plástica e especializei-me em gravura e produção artística.

Terminada a licenciatura, parti para Espanha onde estudei e trabalhei, e acabei por ficar por lá cinco anos. A minha vida profissional era partilhada pela docência e pelo desenvolvimento da minha investigação e trabalho artístico (e por consequência concursos, bienais e exposições).

Regresso a Portugal e começo a dar aulas e a criar peças personalizados num atelier: foi aí que conheci uma noiva, que acabei por ajudar, ao criar detalhes que ela idealizava e não tinha conseguido encontrar.

Esta experiência despertou algo em mim. A alegria dela foi contagiante, e desafio tinha sido estimulante. Como gosto de desafios e de fazer coisas sempre diferentes (a monotonia desconcerta-me!), a ideia foi amadurecendo e ganhando forma e, assim, “nasceu” A PAJARITA.

 

Há quanto tempo trabalha nesta área? E porquê este universo dos casamentos?

Desde Dezembro de 2014.

O universo dos casamentos, tal como eu o encaro, é estimulante, cheio de desafio e aventuras. Não é estático nem monótono. É algo contagiante e que me faz levantar de manhã cheia de energia e de vontade de trabalhar.

 

EStaionário de casamento A Pajarita Convites de casamento em papel artesanal e aguarela, desenhados por A Pajarita Livro de votos em papel artesanal e aguarela, desenhado por A Pajarita

Como define o seu trabalho e como construiu essa assinatura?

É um trabalho feito de raiz, a medida de cada casal e tem como base a partilha. Tudo é pensado e desenhado com base no que os noivos partilham comigo: os seus gostos, expectativas, histórias, interesses, viagens…

 

Esse estilo faz parte do ADN da marca ou é um conceito que escolheu para explorar e trabalhar este ano? Porquê?

É, sem dúvida, o ADN. O fascinante é começar do zero. O caminho estimulante do processo ao produto final. Se deixar de existir, A PAJARITA não tem fundamento, não tem razão para existir.

 

As tendências da estação… são um assunto de trabalho ou apenas fait divers?

É sempre importante conhecer e debater as tendências, mas não serão um caminho a seguir se não se enquadram com a personalidade dos noivos dessa estação.

 

Boas-vindas ao Outono, por A Pajarita (26) Boas-vindas ao Outono, por A Pajarita (17) Boas-vindas ao Outono, por A Pajarita (22)

Ter o controle das decisões é importante? Tem uma perspectiva perfeccionista e específica sobre o resultado e a forma como quer que o seu trabalho seja consumido ou é o prazer de discutir ideias, de criar, que lhe interessa mais na relação com cada projecto, cada cliente?

Tenho de controlar a qualidade da execução, sou perfecionista, cada detalhe conta. Os materias são fundamentais e gosto de ter o controlo dos materiais usados e a sua qualidade. O processo criativo em si é muito orgânico, e parte sempre das conversas que tenho com cada casal. É delas que vou extrair os pormenores, as subtilezas em que me vou basear para criar os protótipos que lhes irei apresentar posteriormente.

 

Existem fórmulas vencedoras que aplica, ou cada convite, produto ou serviço é pensado totalmente de raiz?

Fórmulas vencedoras? Eu acredito que cada casal é uma fórmula. Se pensarmos nas pessoas, não há duas iguais. Quando conheço um casal, conheço duas pessoas diferentes e é a soma deles que eu tenho de calcular para lhes puder apresentar uma fórmula que respeite quem são juntos. É nessa comunhão que nasce a fórmula que retrata o casal. Se não há duas pessoas iguais, não há duas somas iguais, logo não há duas fórmulas iguais.

 

Onde busca inspiração para cada nova temporada de trabalho?

Para além de me inspirar na singularidade e personalidade de cada casal, busco-a nas exposições, nos filmes, na moda…

 

Convites de casamento artesanais, feitos por A Pajarita

Quando precisa de fazer reset, para onde olha, o que faz?

Faço coisas simples, mergulhos nos livros, foco-me na minha família, perco-me nas risadas do Vasquinho e na tranquilidade do bebé Gustavo (os meus sobrinhos e afilhados), vou ouvir o mar, desenho casas (que é uma forma simplista de descrever o meu trabalho artístico).

 

Qual é a importância do convite de casamento (e respectivo conjunto de estacionário), na grande lista de itens e tarefas?

Normalmente é encarada como uma tarefa secundária, e, a meu ver, erradamente. É a primeira impressão do dia que estamos a preparar. O convite é a imagem do nosso dia, logo, a nossa. Daí trabalhamos para que o feedback do convidado seja sempre: “o convite é mesmo a tua/vossa cara”.

 

Qual é o seu processo de trabalho, como acontece a ligação ao cliente?

Primeiro é necessário perceber se sou o fornecedor ideal. Se for, preciso de conversar com eles, perceber quem são, o que perspetivam. Seja pessoalmente, por videoconferência ou por email, quanto mais informações me derem, mais matéria prima tenho. Mostro exemplos, acabamentos, papéis para ir percebendo as preferências. As conversas costumam ser amenas e muito interessantes. Posteriormente, apresento-lhes um protótipo. Ele sofre o processo necessário de forma a responder às expectativas, e só depois passa para a produção.

 

Estacionário em papel artesanal e aguarela, desenhado por A Pajarita

Estacionário em papel artesanal e aguarela, desenhado por A Pajarita

Livros de votos desenhado por A Pajarita

Qual é a melhor parte de criar convites de casamento, ser o primeiro capítulo visível da história que leva ao grande dia? E o mais desafiante e difícil?

O melhor é não termos limites nem condicionantes estabelecidos pelo trabalho já desenvolvido e conhecermos pessoas novas. O que se torna desafiante, é o facto de se começar do zero, encontrar a imagem do casal sem usar recursos evidentes. O difícil, que é diferente de desafiante, a meu ver, é não ficar empolgado com os projetos e dizer aos noivos que a A PAJARITA não é o seu fornecedor ideal (acontece quando procuram convites padronizados).

 

Escolha o convite de que mais gosta no vosso portefólio, e conte-nos porquê:

É difícil escolher, mas os que mais me empolgam são os convites com intervenção manual, sem dúvida! O facto de cada um ser inevitavelmente diferente do outro, esse cunho pessoal e irrepetível desperta aquele brilhinho no meu olhar.

 

Marcador de mesa de casamento desenhado por A Pajarita Estacionário de casamento desenhado por A Pajarita Estacionário de casamento desenhado por A Pajarita

Os contactos detalhados de A Pajarita, estão na sua ficha de fornecedor. Espreitem a galeria, feita de imagens bonitas, e contactem a Alexandra directamente através do formulário: é só preencher com os vossos dados e mensagem, e na volta do correio, terão uma resposta simpática.

O trabalho da Alexandra Barbosa não se fica pelos convites: das suas mãos sai tudo o que é papel e também belas flores: bouquet de noiva, flor de lapela, pulseira para as madrinhas e outras delicadas maravilhas. Sigam tudo aqui!

 

Acompanhem estas nossas conversas longas com fornecedores seleccionados Simplesmente Branco, sempre à quarta-feira!